domingo, 8 de novembro de 2020

Trump refuta admitir derrota e diz que venceu eleição

 Presidente americano destacou que recebeu mais de 70 milhões de votos; Biden superou os 74 milhões


Em uma nova manifestação via Twitter após a vitória do democrata Joe Biden, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, não apenas admitiu a derrota como disse que ele venceu as eleições. O posicionamento ocorre no momento em que figuras dentro do Partido Republicando já parabenizam o adversário. 

Trump afirmou que recebeu mais de 71 milhões de votos – ele passou de 70 milhões, na verdade, três milhões a menos que Biden, que é o presidente eleito com o maior número de votos na história dos Estados Unidos. Em seu tuíte, o atual presidente disse que “coisas ruins aconteceram enquanto os observadores de sua campanha não puderam ver” durante a apuração. Ele não apresentou provas da acusação, porém. A postagem foi marcada como duvidosa pelo Twitter. 

Ainda assim, a campanha de Trump prepara-se para uma batalha judicial, a ser iniciada a partir de segunda-feira. Em comunicado distribuído à imprensa, a campanha fala que a disputa eleitoral “está longe do fim”.

O reconhecimento da derrota faz parte de um rito informal das eleições americanas, onde o vencedor normalmente aguarda o lado que perdeu as eleições para fazer o discurso da vitória. Isso não ocorrerá este ano. 

Biden pode superar 300 delegados

A vitória de Biden, que conforme as projeções da mídia americana, já soma 279 delegados na noite deste sábado, foi confirmada após o democrata levar os votos da Pensilvania, no início da tarde. Naquele momento, Biden foi de 253 para 273 delegados. São necessários 270 para vencer a eleição. 

Na noite deste sábado, Biden ainda lidera no Arizona e na Georgia, enquanto Trump estava à frente na Carolina do Norte e no Alasca. Caso esses resultados se confirmem, Biden terminaria  a disputa com 306 delegados e Trump, com 232. 



Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário