quarta-feira, 16 de setembro de 2020

Com definição do PSDB, Porto Alegre soma 12 candidatos à Prefeitura

Prazo de convenções termina quarta e registro de chapas vai até o dia 26

Nelson Marchezan Júnior será o candidato do PSDB à reeleição

A oficialização do prefeito Nelson Marchezan Júnior como candidato do PSDB à reeleição, em convenção do partido que ocorre entre o final da manhã e a tarde desta terça-feira, no penúltimo dia do prazo para a realização dos eventos partidários, fecha a definição dos nomes que disputarão a prefeitura de Porto Alegre nas eleições municipais de novembro. O prazo termina amanhã, mas as siglas que deixaram seus encontros para o último dia não deverão apresentar nomes para cabeças de chapa, optando por referendar apoios e alianças já acordados com siglas que terão candidatura própria ou pleiteando apenas vagas nas proporcionais.
Além do tucano, já foram confirmados nas convenções como candidatos ao Paço municipal o vice-prefeito Gustavo Paim (PP), a deputada federal Fernanda Melchionna (PSol), os deputados estaduais Juliana Brizola (PDT)Sebastião Melo (MDB) e Rodrigo Maroni (Pros), o vereador Valter Nagelstein (PSD), os ex-deputados Manuela D’Ávila (PCdoB) e João Derly (Republicanos)o ex-prefeito José Fortunati (PTB), além de Júlio Flores (PSTU) e Montserrat Martins (PV), totalizando 12 candidatos.
Encerrada a etapa das convenções, começa a movimentação das siglas pelo registro das candidaturas, cujo prazo se estende até 26 de setembro. Em Porto Alegre, o primeiro a registrar os nomes da majoritária foi o Pros,  que concorre sem coligação, na semana passada. O PSol efetivou o registro das candidaturas à prefeita e vice no final da tarde de segunda-feira. Para o cargo de vereador, na Capital, os primeiros nomes registrados são os do Pros, do Novo, e da UP.

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário