quinta-feira, 23 de julho de 2020

Startup brasileira cria spray líquido que tira vírus da covid-19 da roupa

Visto.Bio/Instagram/Reprodução
Startup brasileira cria spray líquido que tira vírus da covid-19 da roupa
Para evitar que as pessoas precisem lavar a roupa e tomar banho ao voltar para a casa, a companhia desenvolveu um spray líquido que, aplicado em tecidos e no corpo, mata bactérias e vírus. Em testes laboratoriais, o produto conseguiu eliminar o vírus causador da covid-19 em 99% dos casos. 
Adriano Machado/Reuters
3º teste positivo de Bolsonaro acende dúvida: quanto tempo dura covid-19?
O coronavírus já infectou mais de 2 milhões de pessoas no Brasil, incluindo o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Nesta quarta-feira, um terceiro teste feito por ele também deu resultado positivo, acendendo a discussão sobre quanto tempo efetivamente pode durar a covid-19 no organismo humano.
g-stockstudio/Thinkstock
Pandemia reforça papel da mulher na economia familiar, aponta Febraban
O isolamento social que já dura quatro meses no Brasil trouxe ainda mais responsabilidade para as mulheres, como aponta o segundo levantamento Observatório Febraban (Federação Brasileira de Bancos), feito entre os dias 7 e 15 de julho, com 1.500 chefes de família, homens e mulheres responsáveis pelo sustento da família de todas as regiões do país. Homens e mulheres se equivalem no gerenciamento da poupança e investimentos da família, mas elas dominam a administração do orçamento doméstico, sendo que 56% das mulheres entrevistadas declararam assumir essa função.
Anton Vaganov/Reuters
EUA faz acordo com Pfizer para compra de todas as vacinas contra covid-19
Os Estados Unidos fecharam nesta quarta-feira um acordo com as farmacêuticas Pfizer e BioNTech para comprar, ainda em 2020, 100 milhões de doses da vacina contra a covid-19. As empresas informaram que não devem conseguir produzir mais do que isso neste ano. Comunicado emitido pelas farmacêuticas afirma que o governo americano fez um pedido inicial de 100 milhões de doses e vai desembolsar um total de US$ 1,95 bilhão por elas.
Aleksandr Zubkov/Getty Images
Álcool em gel fica pegajoso por causa do novo coronavírus
Se você reparou que o álcool em gel ficou mais pegajoso depois da pandemia do novo coronavírus, você não foi o único. Desde terça-feira, pessoas no Twitter têm discutido o porquê de um item que se tornou indispensável ter mudado sua consistência tão drasticamente. A explicação é bastante simples.

Nenhum comentário:

Postar um comentário