domingo, 12 de julho de 2020

Rio Uruguai sobe e causa apreensão na Fronteira Oeste

Risco de inundação não foi descartado por autoridades dos municípios ribeirinhos

Em São Borja, a medida anotou 9,52m acima do nível normal neste sábado

A evolução do rio Uruguai na Fronteira Oeste deixa a população apreensiva e o risco de inundação não foi descartado por autoridades dos municípios ribeirinhos. Em São Borja, segundo o assessor da Defesa Civil, Jesus Batista, a medida das 15h30min anotou 9,52m acima do nível normal. Há quatro famílias desalojadas desde quinta-feira. A tendência é de estabilização caso não volte a chover na cabeceira do manancial.
Na cidade de Itaqui, a medição apontou 7,48m, sem repercussão até o momento. Em Uruguaiana, segundo o coordenador da Defesa Civil, Paulo Woutheres, o rio subiu nas últimas horas e mede 7,26m. A Secretaria de Infraestrutura tem uma equipe de plantão caso seja necessário remover famílias nas próximas horas.
Ainda de acordo com Woutheres, os bairros Santo Antônio e Mascarenhas de Moraes são os primeiros a serem afetados. O Ginásio de Esportes da Escola José Francisco Pereira da Silva foi preparado preventivamente para receber grupos possivelmente atingidos. A área de várzea está alagada na periferia urbana e obrigou aos pequenos criadores de vacas leiteiras movimentar o rebanho para pontos mais altos. 

Correio do Povo 

Nenhum comentário:

Postar um comentário