terça-feira, 14 de julho de 2020

Deputado Paulinho da Força é alvo da operação da Polícia Federal

Ofensiva, chamada de Dark Side, combate supostos crimes eleitorais e cumpre mandados em Brasília e SP

Deputado Paulinho da Força é alvo da operação da Polícia Federal

O deputado federal Paulinho da Força (Solidariedade-SP) é alvo de mandado de busca e apreensão em operação da Polícia Federal no âmbito da Lava Jato. A ação, deflagrada nesta terça-feira (14), investiga crime eleitoral.
As autoridades cumprem sete mandados de busca e apreensão em São Paulo (SP) e Brasília (DF) no âmbito da operação Lava Jato na manhã desta terça-feira (14). Batizada de Dark Side, está é a primeira fase da operação Lava jato junto à Justiça Eleitoral de São Paulo. Além dos mandados, a justiça pediu o bloqueio de contas bancárias e imóveis dos investigados. 
As autoridades constataram a existência de indícios do recebimento de doação eleitoral não contabilizada por parlamentar federal, de maneira dissimulada, durante as campanhas dos anos de 2010 e 2012, no valor total de R$ 1,7 milhão. 
Segundo a PF, os "pagamentos teriam ocorrido por meio da simulação da prestação de serviços advocatícios e também mediante o pagamento de valores em espécie, contando para isso com doleiros contratados pelo referido grupo".
Um escritório de advocacia tinha como sócio o genro do parlamentar e o local realizava a simulação da prestação de serviço. Com a quebra do sigilo bancário do referido escritório, foi identificada também a transferência de valores próximos à eleição de 2012, vindos de uma entidade sindical relacionada ao parlamentar investigado e não declarada em sua campanha. As investigações também apontam operações financeiras que se enquadram no crime de lavagem de dinheiro. 
O R7 tenta contato com a defesa de Paulinho da Força. 

R7 e Correio do Povo


Governo do RS confirma dez regiões com bandeira vermelha



“A curva não baixou ainda”, avalia secretário da Capital

Mandetta só vê acúmulo de óbitos com militares da Saúde: "entendem de balística


Governo apresenta reforma tributária estadual


Gilmar "forçou a barra" e "ultrapassou limite" da crítica, diz Mourão


Governo determina quarentena e Catarinense para por 14 dias




Lançamento de sonda árabe com destino à Marte é adiado por condições meteorológicas




Bolsonaro é bicado por emas no Palácio da Alvorada


Gramado e Canela consideram "injusta" bandeira vermelha no distanciamento controlado



Suriname elege Santokhi presidente e põe fim a governo de Bouterse



EUA recua na abertura e mantém atenção com avanço da Covid-19 nas Américas



Califórnia volta a fechar comércio para conter avanço da Covid-19






Nenhum comentário:

Postar um comentário