domingo, 12 de julho de 2020

Bolsonaro critica "desinformação" e "pânico disseminado" por causa da pandemia

Segundo o Ministério da Saúde, mais de 71 mil pessoas morreram em todo o território brasileiro devido a Covid-19

Bolsonaro voltou a defender que a preocupação com a economia do país deve ser motivo de preocupação

O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste domingo que o combate à pandemia da Covid-19 foi marcado pela "desinformação" e "pânico". Em publicação em suas redes sociais, intitulada "a hora da verdade", o presidente também falou sobre a situação econômica do País.
"A desinformação foi uma arma largamente utilizada. O pânico foi disseminado fazendo as pessoas acreditarem que só tinham um grave problema para enfrentar", disse. Desde o início da pandemia, o presidente tem repetido o discurso que é preciso enfrentar o vírus e também o desemprego. "Sempre disse que o efeito colateral do combate ao vírus não poderia ser pior que o próprio vírus."
Na última terça-feira, Bolsonaro disse ter testado positivo para a Covid-19. Em manifestações via redes sociais, Bolsonaro afirmou estar se tratando com cloroquina, medicamento sem eficácia comprovada contra a doença, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário