terça-feira, 16 de junho de 2020

Prefeitos que descumprirem bandeira vermelha serão acionados na Justiça

Governador Eduardo Leite destacou que o Ministério Público será acionado para garantir aplicação das normas do distanciamento controlado

Governador disse que MP estará atento a eventuais descumprimentos dos critérios da bandeira vermelha

O governador Eduardo Leite disse nesta terça-feira que os prefeitos que desrespeitarem os protocolos da bandeira vermelha do modelo de distanciamento controlado serão acionados na Justiça pelo Ministério Público (MP). Nesta segunda, houve casos de municípios que não respeitaram as diretrizes, após a revisão das bandeiras no último sábado.
De acordo com Leite, o MP tem sido parceiro do governo. “Se não houver cumprimento, o MP aciona judicialmente e os prefeitos serão notificados”, explicou o governador, no dia seguinte a uma série de reuniões com representantes de áreas que foram classificadas como bandeira vermelha no último fim de semana.
Após análise de dados, o Piratini revisou as bandeiras de Santa Maria e Santo Ângelo, que voltaram à laranja – com médio risco de contaminação por Covid-19. Já Uruguaiana e Caxias do Sul permaneceram na vermelha, que indica risco alto de infecção. 
Para dar mais tempo de contestação dos municípios nas próximas atualizações, o Piratini passará a divulgar as bandeiras na sexta-feira para que passem a valer na terça seguinte. 
Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário