AdsTerra

banner

sexta-feira, 8 de setembro de 2023

Segue em estado grave brigadiano que caiu de helicóptero durante resgate em Lajeado

 Sargento realizava o salvamento de uma moradora quando a corda de aço se rompeu; a mulher não resistiu e morreu

O secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, Sandro Caron de Moraes e o Comando da Brigada Militar realizaram uma visita ao sargento no hospital de Lajeado. 

O quadro de saúde do brigadiano que caiu durante o sobrevoo de resgate a vítimas em Lajeado é estável, mas grave. A informação é da Brigada Militar que divulgou uma nota afirmando que o sargento, identificado com Augusto, passou por cirurgia e segue internado. “Foi constatada uma fratura de vértebra torácica sem deslocamento, pneumotórax bilateral e fratura de mandíbula”.

O Batalhão de Aviação da Brigada Militar realizava o sobrevoo com o helicóptero na região do Vale do Taquari, no resgate de famílias da região. O soldado estava no helicóptero no apoio das buscas. A corda de aço que içava ele e uma mulher, identificada como Maria da Conceição Alves do Rosário, 50 anos, que estava ilhada no telhado de sua casa, rompeu-se e os dois caíram de uma altura de 20 metros. A mulher não resistiu a queda e morreu.

O militar foi resgatado e encaminhado para o Hospital de Lajeado em estado gravíssimo. A corporação esclareceu que as aeronaves passam por uma rigorosa vistoria antes de cada voo que as circunstâncias do ocorrido serão apuradas pela perícia.

A BM lamentou a tragédia ocorrida e ressalta que vai prestar todo o suporte à família da vítima e ao militar. A corporação divulgou nas suas redes sociais que o secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, Sandro Caron de Moraes e o Comando da Brigada Militar realizaram uma visita ao sargento no hospital. E destaca que, possível, o militar será transferido para o Hospital da Brigada Militar (HBM).

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário