AdsTerra

banner

quinta-feira, 14 de setembro de 2023

Arroio Dilúvio tem segundo desabamento de talude em dez dias por conta das chuvas em Porto Alegre

 Declive não aguentou a intensidade da precipitação e cedeu

Talude desmoronou no início da noite desta quarta. 

Um talude no Arroio Dilúvio, na avenida Ipiranga, próximo à Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), caiu na tarde desta quarta-feira. O desabamento ocorreu no sentido Centro-bairro, em razão das fortes chuvas que atingem Porto Alegre desde a noite de terça. O trecho não afetou o trânsito e a ciclovia, conforme a EPTC.


Na manhã do dia 4 de setembro, um trecho já havia desabado próximo à Silva Só. O local não é distante do trecho da ciclovia que desmoronou na Ipiranga, no último dia 12 de julho, também pelas chuvas intensas. A área está interditada.

No dia 6 de setembro, a prefeitura de Porto Alegre interditou preventivamente a ciclovia da avenida Ipiranga em toda sua extensão, desde a avenida Borges de Medeiros até a Antônio de Carvalho, por motivos de segurança.

Em caráter emergencial, os ciclistas podem utilizar as ruas adjacentes, como a Marcílio Dias, Princesa Isabel, São Manoel e Felipe de Oliveira, no bordo da via, ou na avenida Ipiranga junto ao passeio compartilhado com pedestres. A EPTC fará a fiscalização e recomenda as vias como alternativa por ter menor fluxo de veículos.

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário