terça-feira, 6 de dezembro de 2022

Tite diz que "dança do pombo" foi promessa feita a Richarlison se ele marcasse contra a Coreia

 Técnico da seleção brasileira pontuou que temia apenas que a brincadeira fosse interpretada como um desrespeito ao adversário

A tímida e meio desajeitada "dança do pombo", feita pelo técnico Tite após o gol de Richarlison na goleada brasileira contra a Coreia do Sul, não ocorreu por um improviso. Foi uma promessa do treinador ao atacante, famoso por fazer a comemoração imitando o pássaro após seus gols.

Tite disse que chegou a ensaiar a dança antes do jogo para tentar se adequar à forma de se comunicar do grupo. "Eles são bastante jovens e tenho que me adaptar à linguagem deles. E eles têm essa linguagem da dança", explicou o técnico.

Tite contou que dentro da seleção brasileira há um "grupo molejo", do qual foi sacado pela total falta de habilidade com a dança. Para tentar se aproximar dos jogadores, pediu para fazer parte, mas ouviu como contraproposta que só poderia estar ali se imitasse o pombo de Richarlison. 

"Perguntei para ele o que é essa dança aí, ele fez parecido, mas bem ruinzinho. Daí eu disse: 'ok, se fizer [gol], pode deixar que eu vou dançar", contou Tite. Depois da promessa, o receio. "Eu sabia que teria muita visibilidade." Ele tentou se proteger atrás dos jogadores na hora da dança, mas não teve jeito, acabou aparecendo demais.

O técnico afirmou que tinha como principal receio ser mal interpretado pela comemoração. "Era para ser só uma manifestação da alegria pelo gol, pela equipe e pelo esporte, e não um desrespeito ao adversário, até porque tenho um respeito muito grande pelo Paulo Bento [treinador da Coreia do Sul.


Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário