terça-feira, 6 de dezembro de 2022

Livakovic brilha nos pênaltis e Croácia está nas quartas de final no Catar

 Após empate em 1 a 1 com japoneses, croatas venceram por 3 a 1 nas cobranças de pênalti


Após 120 minutos de futebol e 8 cobranças de pênaltis, a Croácia está nas quartas de final da Copa do Mundo. Depois quatro jogos decididos nos 90 minutos, o Mundial do Catar teve sua primeira prorrogação. Croatas e japoneses terminaram igualados em 1 a 1 no estádio Ali Janoub. Na cobrança da marca da cal, Livakovic brilhou, defendeu três cobranças e a seleção europeia venceu por 3 a 1. Agora, os croatas enfrentam o Brasil, que eliminou a Coreia do Sul. A partida da próxima fase está marcada para sexta-feira, às 12h.  

Japão abre o Placar 

Foi um primeiro tempo onde as marcações foram o ponto forte de ambas equipes. As chances de gol foram poucas. A Croácia teve mais posse de bola e desde o início tentava impor seu ritmo e tomar a iniciativa de jogo. O Japão, por sua vez, marcava bem e explorava os contra-ataques. 

A primeira boa jogada saiu aos 7 minutos, após falha da zaga japonesa em um chutão do goleiro Livakovic. Kovacic aproveitou a falha, invadiu a área e chutou para o gol. Gonda salvou o que seria o gol croata. No rebote, Kramaric se enrolou e perdeu a bola que sobrou para o goleiro. 

Apesar de mais posse de bola, a Croácia era menos objetiva que o Japão. Logo quando recuperava a bola, a seleção nipônica ia em direção ao gol, principalmente pela direita.

Se o Japão tinha o lado direito forte, a Croácia teve pelo esquerdo de ataque seus melhores momentos. Aos 27, Barisic cruzou na área, Perisic desviou e a bola passou em frente ao gol e ninguém encostou na bola.

Quando o jogo se encaminhava para um 0 a 0, o Japão surpreendeu e saiu na frente aos 44 minutos. Doan tocou rápido no escanteio recebeu a bola e cruzou para a área. Mas a bola foi desviada para o meio e Mareda escorou para dentro do gol e abriu o placar no Al Janoub. A Croácia ainda tentou o empate em um escanteio, mas não conseguiu.

Croácia iguala 

Se o primeiro tempo foi truncado, a segunda etapa também não proporcionou muitas chances de gols aos espectadores. A Croácia, sem outra alternativa, foi ao ataque ainda que de maneira tímida e conseguiu o empate cedo. Aos 10 minutos, de cabeça, Perisic igualou. Apesar do gol, o Japão não se abateu e o equilíbrio, assim como no primeiro tempo, prevaleceu.

Com menos posse de bola, o Japão pouco criava. A Croácia se arriscava um pouco mais. Aos 32, Perisic recebeu no campo de ataque e de fora da área arriscou, a bola desvia e saiu ao lado do gol. Nos minutos finais quem especulava um pouco mais era a Croácia. Mesmo assim o jogo foi até o final sem nenhuma emoção. 

Prorrogação sem gols 

A prorrogação seguiu rigorosamente com os mesmos ingredientes dos primeiros 90 minutos de um jogo arrastado, de forte marcação sem grandes chances. O Japão teve a grande oportunidade do tempo extra com Mitoma aos 14 minutos. O atacante de fora da área arriscou, obrigando Livakovic a fazer uma bela defesa. Nos últimos 15 minutos, com os jogadores exaustos, ninguém conseguiu aproveitar o cansaço do adversário e o empate prevaleceu. O jogo foi para os pênaltis

Brilha o goleiro croata 

Nas cobranças de pênaltis, brilhou a estrela do goleiro Livakovic, que logo pegou as primeiras cobranças de Minamino e Mitoma. Do lado croata, Vlasic e Brozovic fizeram. Asano assinalou o primeiro gol japonês e Livaja desperdiçando o terceiro chute europeu no poste, e com isso devolveu a esperança nipônica pelo menos até a próxima cobrança. Na quarta tentativa, porém, Yoshida parou mais uma vez na muralha croata.

Pasalic converteu o pênalti da classificação e deu número finais ao jogo: 3 a 1.  Fim de Copa para o Japão. A Croácia avança e quer no mínimo repetir a última Copa, quando foi finalista. Grandes emoções no Catar nos aguardam.  

Japão 1 (1)
Gonda; Tomiyasu, Taniguchi, Yoshida e Ito; Morita(Tanaka), Endo, Nagatomo (Mitoma); Doan(Minamino), Maeda(Asano), Kamada(Sakai).

Croácia 1 (3)
Livakovic; Juranovic, Lovren, Gvardiol, Barisic; Kovacic (Vlasic), Brozovic, Modric(Majer); Kramaric (Pasalic), Petkovic (Budimir), Perisic(Orsic).
Árbitro: Ismael Elfath
Assistentes: Corey Parker, Kyle Atkins e Mustapha Ghorbal 
Local: Al Janoub

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário