quarta-feira, 7 de dezembro de 2022

Eduardo Leite confirma Artur Lemos na Casa Civil

 Esse foi o primeiro anúncio relacionado ao Secretariado

Felipe Nabinger


Eduardo Leite (PSDB) confirmou, nesta terça-feira, que Artur Lemos seguirá sendo chefe da Casa Civil em 2023. Este foi o primeiro anúncio do tucano para a equipe de governo que toma posse em 1º de janeiro. "É uma posição que exige capacidade técnica e política. E o Artur (Lemos) já mostrou que tem", afirma o governador reeleito Eduardo.

"É certo que teremos outros nomes que serão mantidos", diz Leite sobre o restante do secretariado. Assim, pastas estratégicas além da Casa Civil deverão contar com a permanência de seus titulares. EO tucano cita Frederico Antunes (PP), que foi líder do governo na Assembleia, como alguém que pode ocupar novamente esse posto. Diz que pela sinalização positiva do PP, partido tem quadros qualificados para secretariado, mesmo que não tenha apoiado sua candidatura.

Eduardo Leite diz que o atual governador, Ranolfo Vieira Júnior (PSDB), tem uma visão "360 graus" da gestão. Coloca o nome entre cotados para assumir alguma secretaria, não restringindo à pasta da Segurança Pública que o atual governador já ocupou.

O tucano não descarta nem mesmo contar com o PL em seu governo. Em reunião ontem, bancada liberal da Assembleia optou pela neutralidade. Leite diz que conversará com presidente regional do PL, Giovanni Cherini, para tentar buscar "convergências".

O tucano voltou a falar da necessidade de reestruturar o governo para avançar nas entregas e que a pauta legislativa não deverá ter temas polêmicos no governo que inicia em 2023.

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário