quinta-feira, 22 de dezembro de 2022

Bolsa sobe pelo terceiro dia na expectativa por PEC da Transição

 Dólar fecha estável a R$ 5,20 após flutuar durante o dia

Em meio às expectativas pela votação em segundo turno da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Transição, a bolsa subiu pelo terceiro dia seguido. O dólar ficou estável, após flutuar ao longo do dia.

O índice Ibovespa, da B3, encerrou aos 107.433 pontos, com alta de 0,53%. Apesar da atenção em relação à PEC, o indicador foi beneficiado por ações de petroleiras e mineradoras, que subiram com a recuperação das commodities no mercado internacional. A bolsa está no maior nível desde o último dia 7.

O mercado de câmbio teve um dia de espera. O dólar comercial fechou esta quarta-feira vendido a R$ 5,203, com queda de apenas 0,07%. A cotação iniciou o dia estável, chegou a cair para R$ 5,16 por volta das 10h30 e operou entre R$ 5,18 e R$ 5,21 a partir do fim da manhã.

Com o desempenho de hoje, a moeda norte-americana zerou a alta em dezembro. A divisa acumula queda de 6,69% em 2022. Ainda repercutindo a aprovação da PEC em primeiro turno, ontem (20) à noite pela Câmara dos Deputados, os investidores aguardavam a votação em segundo turno, que só foi concluída após o fechamento do mercado. A moeda norte-americana oscilou ao longo do dia, ainda refletindo a redução da vigência da proposta para um ano.

A votação da PEC ajudou a descolar o dólar em relação ao mercado internacional. No exterior, a divisa operava em leve alta perante as principais moedas do planeta, na falta de novidades sobre a atuação do Federal Reserve (Fed, Banco Central norte-americano) sobre os juros básicos nos Estados Unidos em 2023.


Agência Brasil e Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário