terça-feira, 26 de julho de 2022

Comercializadoras de energia pedem open energy inspirado em open banking

 por Joana Cunha

16321618986148d06a49e65_1632161898_3x2_rt.jpeg

Compartilhamento de dados é mais um passo para o mercado livre de energia

SÃO PAULO

A Abraceel (Associação Brasileira das Comercializadoras de Energia) enviou uma carta à diretoria da Aneel apoiando o pedido de sandbox regulatório – ambiente experimental para testar inovações — sobre open energy proposto pela Lemon Energia.

A ideia é levar para o setor o mesmo princípio do open banking. Os dados de consumo de energia elétrica ficariam disponíveis para que o cliente compartilhe com quem quiser.

A princípio, valeria para os grandes consumidores no mercado livre e, futuramente, também para o mercado cativo, caso ocorra a abertura. 

A tendência, diz a Abraceel, é que as empresas criem produtos e serviços mais adequados a cada consumidor. O open energy seria mais um passo na abertura deste mercado, segundo a entidade.
Com base na experiência internacional, diz a associação, se espera mais engajamento do consumidor com as informações da conta de luz, maior atuação de empresas de tecnologia no mercado de energia elétrica e corte de custos.

Fonte: Folha Online - 22/07/2022 e SOS Consumidor

Nenhum comentário:

Postar um comentário