domingo, 5 de junho de 2022

Homem é brutalmente espancado e morto no bairro Bom Fim, em Porto Alegre

 Encarregada da investigação considerou uma "selvageria" o crime e disse que suspeito pode ser até um praticante de artes marciais



Um homem foi brutalmente espancado e morto no final da madrugada deste sábado no tradicional bairro Bom Fim, em Porto Alegre. “Uma selvageria”, resumiu nesta manhã a titular da 2ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (2ª DPHPP) de Porto Alegre, delegada Roberta Bertoldo, à reportagem do Correio do Povo. O crime ocorreu na rua General João Telles, na esquina com a avenida Osvaldo Aranha.

Policiais militares do 9º BPM compareceram inicialmente no local, que foi isolado para o trabalho do Instituto-Geral de Perícias. A vítima tinha 46 anos de idade. “Segundo informações prestadas por populares, autor e vítima se envolveram numa briga mútua”, informou a delegada Roberta Bertoldo. “Observou-se, no entanto, uma superioridade de força do autor, citado por alguns como sendo lutador de muay thai”, acrescentou.

“Durante as agressões, a vítima inclusive perdeu parte da orelha. Testemunhas que acompanhavam a cena de selvageria tentaram por várias vezes separar a briga, mas ela retomava”, complementou. “Não houve uso de nenhum instrumento, foi agressão física mesmo”, frisou.

“O autor não foi identificado”, adiantou, citando a suspeita de que se trate de alguém “que circula rotineiramente pelo bairro”. O trabalho investigativo para elucidar o crime envolve a busca de imagens de câmeras de monitoramento na região, obtenção de possíveis testemunhas e verificação de postagens nas redes sociais, entre outras diligências. “Terríveis as imagens”, enfatizou a delegada Roberta Bertoldo.

Qualquer informação, mesmo sob anonimato, pode ser repassada ao disque denúncia gratuito 0800-642-0121.

Crime ocorreu na rua General João Telles, na esquina com a avenida Osvaldo Aranha | Foto: Alina Souza / CP 


Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário