sexta-feira, 27 de maio de 2022

Jornalista David Coimbra morre aos 60 anos

 


O jornalista e escritor David Coimbra morreu nesta sexta-feira (27), aos 60 anos, em Porto Alegre. Ele lutava contra um câncer no rim desde 2013 e estava internado no Hospital Moinhos de Vento.

Nascido na Capital gaúcha e graduado na Pucrs (Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul), o jornalista morou em Boston, nos Estados Unidos, para tratar a doença. Ele deixa a esposa, Márcia, e o filho Bernardo, de 13 anos.

Diversos colegas de profissão, autoridades e clubes de futebol lamentaram o falecimento do profissional do Grupo RBS nas redes sociais.

“Com muita tristeza, recebo a notícia do falecimento precoce do comunicador David Coimbra. David fez parte do dia a dia dos gaúchos e seu legado seguirá fazendo. Que Deus conforte a todos neste momento tão difícil. Obrigado pelas palavras cotidianas que alegraram nossos dias”, afirmou o governador Ranolfo Vieira Júnior.

“Com tristeza, recebo a notícia do falecimento do grande jornalista David Coimbra. Um pensador de extremo talento que lutou bravamente pela vida. Minha solidariedade à família e aos amigos. Fica o legado ao bom jornalismo e à defesa das causas importantes à cidade e ao Rio Grande”, escreveu o prefeito Sebastião Melo.

“O Sport Club Internacional lamenta a morte do jornalista David Coimbra. Um profissional que soube expressar com maestria sua paixão pelo futebol e pela cultura. Nossos sentimentos aos admiradores, amigos e familiares neste momento de dor”, afirmou o Colorado.

“Lamentamos profundamente o falecimento do jornalista e escritor David Coimbra. Um dos grandes da comunicação gaúcha, atuou em diversos veículos de expressão. Informou, opinou, apresentou, e sempre cativou. Fez história. Nossos sentimentos aos familiares, amigos e colegas”, disse o Grêmio em nota.

O Sul

Nenhum comentário:

Postar um comentário