segunda-feira, 26 de julho de 2021

Porto Alegre retoma vacinação para adolescentes com comorbidades e gestantes nesta segunda-feira

 Puérperas também voltam a ser imunizadas



A partir desta segunda-feira será retomada a vacinação contra a Covid-19 em Porto Alegre para adolescentes com comorbidades e para gestantes e puérperas. O final de semana foi reservado apenas para imunizar pessoas com 31 anos ou mais, além do público já contemplado anteriormente pela campanha: profissionais de saúde e de apoio à saúde, pessoas com deficiência a partir de 18 anos, pessoas com comorbidades a partir de 18 anos, funcionários das escolas municipais, estaduais e particulares de ensino infantil, fundamental, médio, técnico e superior, cuidadores de crianças ou adolescentes com deficiência permanente e lactantes (que estejam amamentando bebês com até 12 meses). 

O esquema vacinal no sábado funcionou das 9h às 17h no drive-thru do Shopping Bourbon Wallig, no bairro Cristo Redentor, e no Ginásio Tesourinha, no Menino Deus. Já no domingo, a Unidade Móvel de Saúde atendeu o bairro Passo das Pedras, na Uniritter Campus Fapa, das 9h às 13h. Estavam sendo oferecidas a primeira e a segunda doses da Coronavac/Butantan e Fiocruz/Oxford/Astrazeneca.

No final da manhã de sábado, conforme informações da assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Saúde, o Ginásio Tesourinha era o local de maior movimento. O tempo de espera na fila era de cerca de 30 minutos, enquanto que no Bourbon Wallig era de 20 minutos. 

Acompanhando a imunização no Tesourinha o secretário de Saúde, Mauro Sparta, observou que a procura estava boa e o movimento fluía rapidamente. Explicou que a meta é reduzir a idade de vacinação nesta semana, porém tudo depende da chegada de novos lotes. Além disso, Sparta disse ter recebido a informação de que em agosto o Rio Grande do Sul  deverá receber 3 milhões de vacinas. Deste total,  cerca de 300 mil doses serão para Porto Alegre. “Com este número, vamos vacinar toda a população com a primeira dose”, calcula.

Acompanhando a imunização no Tesourinha o secretário de Saúde, Mauro Sparta, observou que a procura estava boa e o movimento fluía rapidamente. Explicou que a meta é reduzir a idade de vacinação nesta semana, porém tudo depende da chegada de novos lotes. Além disso, Sparta disse ter recebido a informação de que em agosto o Rio Grande do Sul  deverá receber 3 milhões de vacinas. Deste total,  cerca de 300 mil doses serão para Porto Alegre. “Com este número, vamos vacinar toda a população com a primeira dose”, calcula.

Documentação

Quem vai receber a primeira dose nesta segunda, deve apresentar documento de identidade com CPF e comprovante de residência em Porto Alegre. Profissionais de saúde ou da educação devem exibir documento que comprove o vínculo de trabalho na capital. Já o grupo das comorbidades e deficiências deve comprovar a condição por prescrição de medicamento, exame ou laudo médico (exceto Síndrome de Down). Quem for receber a segunda dose deve levar documento de identidade com CPF e carteirinha de vacinação. 

Correio do Povo


Feevale e Sempa retomam parceria em prol dos animais do Canil Municipal de São Leopoldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário