sábado, 24 de julho de 2021

Por orientação da Saúde, Prefeitura cancela Oktoberfest Blumenau 2021

 Decisão foi tomada considerando projeções da Covid-19 para o município



Pelo segundo ano consecutivo não será realizada a Oktoberfest Blumenau. O posicionamento da Prefeitura foi divulgado na manhã desta sexta-feira, dia 23, pelo prefeito Mário Hildebrandt em coletiva de imprensa. A decisão foi tomada considerando a recomendação de profissionais da saúde, projeções da Covid-19 no município e o surgimento da variante Delta no estado. 

“Temos muitas saudades da Oktoberfest e sabemos o quanto ela é importante para a economia de nossa cidade, mas ainda é momento de seguirmos cuidando da saúde da nossa população. Sempre disse que a festa seria realizada se houvesse segurança para todos e, mesmo com a vacinação acontecendo e nossos números estáveis, essa segurança não existe ainda nesse ano. Que em 2022 possamos ver novamente a alegria estampada no rosto dos blumenauenses e de todos que amam a maior festa alemã das Américas. Em 2021, a nossa Vila Germânica seguirá sendo palco de vacinação e cuidados com a pandemia, que ainda não acabou”, destaca o prefeito Mário Hildrebrandt.

Comissão de Assessoramento ao Enfrentamento da Covid-19 recomenda cancelamento
A Comissão de Assessoramento ao Enfrentamento da Covid-19, que é formada por especialistas em saúde e participa das tomadas de decisão do município desde sua criação, em março de 2019, se reuniu nesta quinta-feira, dia 22, e recomendou o cancelamento da festa. 

Segundo o médico infectologista Dr. Ricardo Freitas, não há condições sanitárias para o evento. “Não há condição alguma para a realização de um evento como a Oktoberfest em outubro deste ano. Os motivos que nos levam a orientar o poder público a tomar essa decisão é o baixo número de pessoas imunizadas com as duas doses da vacina contra o Coronavírus, que está em menos de 20%. Outro fator é que a região ainda registra um alto índice de ocupação de UTI com média de 80%, ou seja, não temos leitos suficientes para um efeito de contaminação pós-Oktoberfest”, afirma.

O especialista, que atua em várias cidades da região, salienta que para a realização de um evento como este, seria importante que cerca de 70% da população estivesse vacinada, o que não deve ocorrer até outubro. Ressalta ainda que é preciso levar em consideração a cobertura vacinal no país e não apenas na cidade, já que um evento como este movimenta várias cidades e setores. Por fim, explica que é importante realizar evento-teste, de menor duração e capacidade reduzida, antes de viabilizar a Oktoberfest.

Impactos

Não ter Oktoberfest Blumenau significa que em 2021 deixarão de circular cerca de R$ 240 milhões na economia local. Ao todo, mais de 60 setores da economia são impactados pelo cancelamento, além dos mais de 6 mil empregos diretos e indiretos, e aproximadamente mil músicos que se apresentam nos pavilhões. Ainda assim, o secretário municipal de Turismo e Lazer e presidente do Parque Vila Germânica, ressalta que as vidas continuam sendo a prioridade da organização. “Seguramos até onde podíamos, mas os números da pandemia em nível municipal e nacional ainda não nos trazem segurança para eventos grandiosos como a Oktoberfest Blumenau”, fala Greuel.

Oktoberfest 2022 

A segunda maior Oktoberfest do mundo acontecerá de 5 a 23 de outubro de 2022. Segundo a organização, a expectativa para o ano que vem é alta. “Já estamos nos preparando para uma Oktoberfest sem precedentes. Temos certeza que no ano que vem nos encontraremos com toda a alegria que a Oktober exige”, acrescenta.

Correio do Povo


Patrick é dúvida no Inter para duelo diante do Athletico-PR

Nenhum comentário:

Postar um comentário