quinta-feira, 15 de julho de 2021

Mais de 20% da população gaúcha já está totalmente imunizada contra o coronavírus

 


Nesta quarta-feira (13), o percentual de pessoas residentes no Rio Grande do Sul com esquema vacinal contra o coronavírus completo já ultrapassava os 20%. Segundo dados divulgados pela Secretaria da Saúde, o índice exato era de 20,8%. Isso significa que essa parcela da população já recebeu as doses necessárias para ficarem imunes ao vírus, que já vitimou mais de 32 mil pessoas no território gaúcho.

Um total de 5.473.408 pessoas já receberam a primeira dose e outras 2.116.245 foram imunizadas com a segunda dose. Outras 251.553 pessoas receberam a vacina de dose única.

A Secretaria da Saúde distribuiu, na manhã desta quarta-feira, 406.250 doses da vacina contra a covid-19 das fabricantes AstraZeneca e Coronavac, todas exclusivamente para segunda aplicação (D2) de quem já recebeu a primeira dose entre 10 e 12 semanas (no caso da AstraZeneca) ou quatro semanas (Coronavac). Do total, são 308.590 Astrazeneca e 97.660 Coronavac para todo o Estado.

As Coordenadorias Regionais de Saúde (CRSs) retiraram as doses referentes aos seus municípios de abrangência por via terrestre. Duas regionais, a 4ª (com sede em Santa Maria) e a 14ª (sede em Santa Rosa) optaram por retirar suas cargas nesta quinta-feira (15), junto com a distribuição de nova remessa da vacina contra a gripe.

As doses da AstraZeneca estão sendo distribuídas com o objetivo de antecipar em até duas semanas o intervalo entre as aplicações. A decisão, que também inclui o intervalo entre doses da vacina da Pfizer, foi tomada durante reunião da Comissão Intergestores Bipartite, com representação do Estado e dos municípios, na última segunda-feira (12). O objetivo é garantir melhor resposta imune para a variante Delta.

Variante delta

A Secretaria da Saúde ainda aguarda a conclusão da análise de amostras de dois prováveis casos da variante delta do coronavírus (B.1.1.617.2 – de origem na Índia) identificados no RS, enviadas à Fiocruz na segunda-feira (12). Os possíveis casos foram registrados nos municípios de Gramado e Santana do Livramento. É a primeira vez que casos suspeitos dessa linhagem do vírus são identificados no Estado. Além desses, três possíveis casos da variante alfa (B.1.1.7 – origem no Reino Unido) foram identificados e estão em investigação para confirmação.

O Sul

Nenhum comentário:

Postar um comentário