sexta-feira, 23 de julho de 2021

Inter perde para Olimpia nos pênaltis e está eliminado da Libertadores

 Colorado acumula chances, desperdiça cobrança no tempo normal e é castigado com queda em casa para os paraguaios


O torcedor colorado sofreu mais um duro golpe. A equipe acumulou chances, criou, mas não conseguiu tirar o 0 a 0 do placar diante do Olimpia no tempo normal na noite desta quinta-feira, no Beira-Rio. E o castigo veio: nos pênaltis, perdeu por 5 a 4 e acabou eliminado da Libertadores.

O Inter acumulou chances desperdiçadas. A melhor delas no segundo tempo, em penalidade sofrida por Taison. Edenilson, até então 100% nas cobranças, desperdiçou, e o placar ficou sem movimentação. 

Agora, o Inter volta as atenções ao Brasileirão. Enfrenta o Athletico-PR, na Arena da Baixada, domingo, às 18h15min, pela 13ª rodada. O adversário do Olimpia nas quartas de final será o Flamengo, que eliminou o Defensa Y Justicia. A data ainda será definida pela Conmebol.

Inter acumula chances

A dúvida no ataque do Inter, que predominou ao longo da semana, foi sanada uma hora e meia antes do apito inicial. E Aguirre optou pelos dois atacantes: começou a partida com Galhardo e Yuri Alberto, deixando quatro jogadores no meio campo, com Dourado, Edenilson, Patrick e Taison.

A partida começou muito física, com bastante contato e divididas fortes. Mas foi o Inter quem finalizou primeiro com perigo. Aos 6, Taison recebeu no meio e abriu boa bola para Yuri Alberto na direita, finalizando em cima do goleiro Aguilar. Dez minutos depois, foi a vez do próprio Taison ter a sua chance, após trama rápida entre Edenilson e Yuri Alberto. A finalização, no entanto, foi na rede pelo lado de fora.

Aos 22, a melhor chance do Inter para marcar. Taison recebeu no meio e arrancou em velocidade em direção ao gol. Ele fez tudo sozinho e, quando abriu para finalizar, bateu rasteiro. Ela tocou caprichosamente no pé da trave do goleiro Aguilar, que só observou e torceu.

O Colorado seguiu acumulando chances. Por pelo menos mais três oportunidades, especialmente com Galhardo, teve bolas em condição de abrir o placar. Aos 41, Yuri Alberto recebeu cruzamento no segundo pau, e chutou de primeira, obrigando Aguilar, um dos destaques da etapa inicial, a salvar de novo o Olimpia. Assim, a partida foi empatada em 0 a 0 ao intervalo.

Desperdício fatal

O cenário pouco se modificou no início do segundo tempo. O Inter voltou acumulando chances e, logo com 5 minutos, já havia desperdiçado duas oportunidades. Primeiro, Galhardo voltou a bater forte na rede pelo lado de fora. Depois, Moisés arrancou e finalizou por cima do gol de Aguilar. 

A alternativa poderia vir da bola parada. E, aos 18, quase Cuesta marcou. Após cobrança de escanteio da direita, o zagueiro completou o cruzamento de cabeça, e Pitta afastou quase em cima da linha, salvando mais uma vez o Olimpia.

Aos 23, o Inter teve a grande chance de abrir o placar. Taison sofreu pênalti claro, ao ser atingido dentro da área em lançamento vindo da direita. Edenilson, até então com 100% de aproveitamento nas cobranças, mudou o jeito de cobrar. E a decisão se provou equivocada: indeciso e vacilante na bola, ele bateu mal, a meia altura, no canto direito, para mais uma importante defesa de Aguilar.

O Inter pareceu ter sentido o gol. Até então inofensivo à frente, o Olimpia acreditou que podia mais e criou chances de perigo ao goleiro Daniel. Aguirre tentou mexer. Colocou Boschilia e passou Edenilson para a lateral, e depois sacou Taison, cansado, para a entrada de Vinicus Mello. Palacios também entrou, mas não foi suficiente para tirar o zero do placar e evitar os pênaltis.

Nas cobranças, melhor para o Olimpia. Até o 4 a 4, 100% de aproveitamento para as duas equipes. Mas Thiago Galhardo bateu para fora a última cobrança, e coube a Derliz González converter para os paraguaios. O placar de 5 a 4 na decisão por pênaltis valeu a classificação da equipe para as quartas de final da Libertadores.

Copa Libertadores - jogo de volta das oitavas de final 

Inter 0 (4)

Daniel; Heitor (Boschilia), Bruno Méndez, Cuesta e Moisés; Dourado, Edenilson, Patrick (Mauricio) e Taison (Vinicius Mello); Galhardo e Yuri Alberto (Palacios). Técnico: Diego Aguirre

Olimpia 0 (5)

Aguilar; Salazar, Salcedo, Alcaraz (Caceres) e Ivan Torres; Ojeda, Ortiz, Orzusa (Walter González) e Derlis González; Pitta e Recalde (Alejandro Silva). Técnico: Sergio Orteman:

Cartões amarelos: Cuesta (Inter); Torres (Olimpia) 

Arbitragem: Julio Bascuñan (CHI)

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Data e hora: 22/07, às 21h30min


Correio do Povo


Sol garante sexta-feira de grande amplitude térmica no RS


"Acham que a gente é um time perdedor, mas a gente não é", diz Taison após eliminação do Inter

Aguirre admite desafio para remobilizar Inter e lamenta chances perdidas



Com mais de mil leitos livres, ocupação em UTIs cai para 69% no RS


Porto Alegre divulga locais de vacinação para adultos de 31 anos e adolescentes com comorbidades


Possível criação de "passaporte vacinal" em Porto Alegre causa polêmica na base e é engavetado


Possível criação de "passaporte vacinal" em Porto Alegre causa polêmica na base e é engavetado


Paulinho é anunciado oficialmente pelo Al-Ahli, da Arábia Saudita


Grêmio poderá ter zaga reserva contra o América Mineiro


Brasileiro Lucas Verthein avança às quartas de final no remo em Tóquio


Em treino, Simone Biles faz apresentação de pódio e repete movimento único em Tóquio


Bombeiros se despedem de colegas mortos em incêndio na SSP, em Porto Alegre



Rosa pede que PGR se manifeste sobre abertura de inquérito contra Luís Miranda


Mourão garante eleições e diz que Brasil não é "república de bananas"


PC procura mais frequentadores da festa no deck desabado na ilha das Flores


Após confirmação de variantes, Gramado propõe vacinar mais e testar turistas para Covid


Deputada Joice Hasselmann tem fraturas no rosto e na coluna


Brasil contabiliza 1,4 mil mortes e passa de 547 mil óbitos por Covid-19


Leite se reúne com investidores em Rio Grande


Roberto Jefferson ataca e pede expulsão de embaixador chinês



Inter confirma sondagem do Fluminense por Nonato


Canoas vacina metade da população com a primeira dose da vacina contra a Covid-19


Santos empata com Independiente e vai às quartas da Sul-Americana


Executivo enviará projeto da BM no segundo semestre à Assembleia


Mesmo com chance na Copa do Brasil, Grêmio deverá priorizar o Brasileirão


Ex-diplomata e ex-conselheiro da NSO viu "desvios" do Pegasus


Argentina ameaça romper contrato após atraso na entrega de doses da Sputnik V


EUA impõem novas sanções a Cuba e Biden promete punir opressores


Santos empata com Independiente e vai às quartas da Sul-Americana


Brasil vence a Alemanha por 4 a 2 na estreia do futebol masculino em Tóquio


"Muito perto da perfeição”, diz Jardine sobre 1º tempo da seleção


Espanha fica no 0 a 0 com o Egito em sua estreia em Tóquio-2020


Alison dos Santos quer "fazer história" nos 400 metros com barreiras


Aida dos Santos lembra quarto lugar histórico nos Jogos do Japão em 1964



River Plate bate Argentinos Juniors e vai enfrentar o Galo nas quartas da Libertadores


Argentina estreia com derrota para a Austrália no futebol dos Jogos de Tóquio


Símbolo de inclusão, equipe de refugiados terá 29 atletas na Tóquio 2020

Nenhum comentário:

Postar um comentário