sábado, 10 de julho de 2021

Governo do RS e Famurs criarão grupo de trabalho para debater a privatização da Corsan

 Decisão foi anunciada pelo secretário-Chefe da Casa Civil, Artur Lemos, e pelo presidente da Federação, Eduardo Bonotto


O governo do Rio Grande do Sul e a Famurs irão criar um grupo de trabalho para analisar e desenhar o projeto de privatização da Corsan nos municípios gaúchos. A decisão foi tomada pelo secretário-Chefe da Casa Civil, Artur Lemos, e pelo presidente da Federação e prefeito de São Borja, Eduardo Bonotto, nesta sexta-feira, após reunião realizada na Casa Civil. 

De acordo com o governo do Estado, a criação do grupo de trabalho é resultado de um pedido realizado pelo presidente da Famurs ao governador Eduardo Leite durante a posse da nova diretoria da entidade, na quinta-feira. Durante a reunião, Bonotto destacou a rapidez com que o governo atendeu o seu pleito.

“Durante a minha posse, comentei em rápida conversa ao governador Leite sobre a criação de um grupo de trabalho contando com a Corsan, o governo do Estado e a Famurs. E em menos de 24 horas, o governo atendeu o nosso pedido. Assim já começaremos os trabalhos nas próximas semanas", destacou. O grupo de trabalho será composto pela Famurs, Corsan e Governo do Estado e terá a sua primeira reunião nas próximas semanas.

Lemos ressaltou a importância da criação do grupo de trabalho: “Será um ótimo canal de diálogo com os prefeitos e presidentes das Associações Regionais. Aproveito para desejar uma ótima gestão ao novo presidente da Famurs, Eduardo Bonotto. Tenho certeza que o governo do Estado e a Federação serão parceiros em diversas pautas e projetos que melhorem a vida dos gaúchos”, ressaltou.

Durante a posse do prefeito Eduardo Bonotto como novo presidente da Famurs, o governador Eduardo Leite falou em seu discurso para os prefeitos sobre a pauta da privatização da Corsan. O governador disse ainda que a Corsan dificilmente conseguirá cumprir as metas de esgoto tratado até 2033, estipulado pelo novo Marco Regulatório do Saneamento. Atualmente, 316 municípios gaúchos possuem seus serviços de saneamento prestados pela Corsan, e cuja média de esgoto tratado atinge apenas a 17% das unidades.


Correio do Povo


Bahia anuncia contratação de Danilo Fernandes, ex-Inter

Nenhum comentário:

Postar um comentário