terça-feira, 13 de julho de 2021

CUBA

 por Roberto Rachewsky


 


A dissonância cognitiva é implacável. Jornalistas tem repetido ad nauseum que "apesar da medicina avançada", Cuba tem tido problemas para atender a população com vacinas e remédios por causa da pandemia.


Parem com essa cretinice, chega dessa mentira deslavada, é de uma desonestidade intelectual que deveria envergonhar quem ainda a pratica.


Cuba não tem, nem nunca teve o mínimo de atendimento médico-hospitalar-sanitário para ser considerada uma sociedade onde seres humanos vivem com dignidade.


Exatamente o que caracteriza Cuba nessa área são as condições precárias oferecidas à população. Não há saneamento básico, não há água potável, não há energia para manter alimentos refrigerados, não há comida, não há medicamentos, não há sequer sabonete ou pasta de dente para a higiene mais comezinha.


Eu vi. Ninguém me contou.


Cuba tem problemas com o seu governo que segue adotando o socialismo como sistema político-econômico. Os cubanos sofrem indistintamente, aí sim, apesar da ajuda humanitária que os parentes que vivem nos Estados Unidos mandam via Western Union e outros meios de transferência de fundos.


Pontocritico.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário