sexta-feira, 8 de janeiro de 2021

Metacapitalismo: por que, afinal, os bilionários financiam a esquerda?

 

Por Flavio Gordon
 
Ontem, num grupo de WhatsApp, conversava com alguns velhos amigos dos tempos de escola, quase todos empresários liberais, sobre o seguinte dilema: como é possível que um empresário bem-sucedido como Jorge Paulo Lemann – “forjado no mais puro capitalismo”, como resumiu um desses meus amigos – financie, por exemplo, uma revista de educação como a Nova Escola, talvez a publicação mais influente da área, cujo conteúdo é radicalmente de esquerda e anticapitalista, e para a qual o marxista Paulo Freire é “o maior educador brasileiro”? Por qual motivo um sujeito que fez fortuna no capitalismo – e que, portanto, pode ser considerado um representante desse sistema – fomenta a divulgação de ideias socialistas dentro das escolas?

É claro que o dilema só pode existir se forem conhecidos os dois fatos concretos que o perfazem...

 
Leia o artigo completo


Gazeta do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário