quinta-feira, 5 de novembro de 2020

Biden promete que EUA voltará ao Acordo de Paris se vencer eleições

 Candidato democrata garantiu que medida será tomada no primeiro dia do seu governo



O candidato democrata à Casa Branca, Joe Biden, prometeu que, se vencer as eleições presidenciais, os Estados Unidos serão reincorporados ao Acordo de Paris sobre o clima no primeiro dia do seu governo. Trump confirmou, nesta quarta-feira, a saída oficial do país desse pacto.

"Hoje, o governo abandonou oficialmente o Acordo de Paris. Em exatamente 77 dias, um governo Biden voltará a incorporá-lo", prometeu no Twitter, referindo-se a 20 de janeiro de 2021, data do início do mandato do futuro presidente.

Mais cedo, o democrata saudou o comparecimento dos norte-americanos às urnas e àqueles que encaminharam o voto pelos correios – volume recorde na história do país. Para ele, a atitude é o compromisso mais claro com a democracia: “A democracia é o coração desta nação por dois séculos. Mesmo diante de uma pandemia, mais americanos votaram nesta eleição do que antes”, afirmou.

Na conclusão do rápido discurso, o candidato repudiou ainda qualquer inimizade entre os norte-americanos e, ainda que não tenha declarado vitória, prometeu trabalhar pela união do país. “Não haverá estados azuis ou vermelhos, apenas os Estados Unidos da América”, prometeu, caso seja confirmado presidente dos Estados Unidos pelos próximos quatro anos.


AFP e Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário