sexta-feira, 4 de setembro de 2020

Carioca paga terceira gasolina mais cara

por MAX LEONE
Petrobras baixa hoje em 3% valor do litro do combustível nas refinarias no país  
Os motoristas da cidade do Rio de Janeiro são uns dos que pagam mais caro pela gasolina no país. O preço médio do combustível comum cobrado de proprietários de veículos no município é o terceiro mais alto entre as capitais brasileiras, perdendo apenas para os valores em vigor em Rio Branco (AC) e Belém (PA), as duas cidades com os maiores preços, segundo pesquisa de empresa especializada. Pelo levantamento, o carioca desembolsou R$ 4,815, em média, por litro, em agosto. Hoje, a Petrobras reduz em 3% o preço da gasolina nas refinarias e em 6% no do diesel.  
Com as alterações anunciadas ontem pela estatal, de janeiro até agora foram 25 correções nos preços da gasolina, sendo 11 aumentos e 14 reduções, e 19 reajustes para o diesel. No fim de agosto, a Petrobras reajustou preços médios do diesel em 5% e da gasolina em 6% nas refinarias
De acordo com a pesquisa da ValeCard, empresa especializada em soluções de gestão de frotas, preço médio da gasolina comum no país registrou alta de 2,74% em agosto em comparação com valores de julho. O preço nacional ficou em R$ 4,468, alta de 11,41%, em relação a maio.
No Estado do Rio, a média do litro foi de R$ R$ 4,831, o mais elevado do Sudeste. Em julho era de R$ 4,734, com elevação de 2,04% de um mês para o outro. As capitais com preços mais baixos são Curitiba, Vitória e Manaus.
Devido à pandemia, a professora Rosane Sales, 40, tem usado menos o carro diariamente. Mas reclama do valor da gasolina. "Espero que a redução do preço chegue aos consumidores", diz.
Fonte: O Dia Online - 03/09/2020 e SOS Consumidor

Nenhum comentário:

Postar um comentário