quinta-feira, 6 de agosto de 2020

Governo de SP autoriza abertura de bares e restaurantes até as 22h

Jonne Roriz/Getty Images
Governo de SP autoriza abertura de bares e restaurantes até 22h
A partir desta quinta-feira, 6 de agosto, o governo de São Paulo vai autorizar a abertura de restaurantes, bares, padarias e pizzarias até as 22 horas. Para conseguir a flexibilidade, é necessário que a região esteja há, pelo menos, 14 dias na fase 3 (amarela) da quarentena do Plano São Paulo. A capital paulista seria a principal beneficiada porque está nessa etapa da abertura da economia há pouco mais de um mês.
Ingrid Anne/Fotos Públicas
Mortes por coronavírus passam de 700 mil no mundo 
O número global de mortes causadas pelo novo coronavírus ultrapassou a marca de 700 mil nesta quarta-feira, de acordo com a universidade americana Johns Hopkins. Estados Unidos, Brasil, México, Reino Unido e Índia são os países com o maior número de vítimas no mundo. Um levantamento da Reuters mostra que quase 5.900 pessoas morrem a cada 24 horas por covid-19. Isso representa 247 vítimas por hora ou uma morte a cada 15 segundos. O cálculo foi feito com dados das duas últimas semanas.
Victor Moriyama/Getty Images
Células imunes da covid-19 são encontradas em quem não ficou doente
Um estudo divulgado na revista científica Nature aponta que foram encontradas células imune ao novo coronavírus em amostras sanguíneas de 100 voluntários, entre eles alguns que não foram expostos à doença. O fato, segundo os cientistas, pode ser explicado por exposições prévias a outros tipos de coronavírus. As células reativas T (também conhecidas como linfócitos T ajudam o organismo na defesa de infecções) foram encontradas em 83% dos pacientes que já tiveram a covid-19 e em 35% dos doadores de sangue que não foram infectados.
Creative Commons/Creative Commons
Unicamp desenvolve diagnóstico da covid-19 por mudança de cor
Pesquisadores do Laboratório de Genômica e bioEnergia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) estão desenvolvendo um novo modelo de teste para diagnóstico da covid-19, chamado de Coronayeast, promete ser rápido e barato. A ideia é detectar o vírus em levedura, que ganharia cor vermelha ao confirmar a infecção. O exame em desenvolvimento analisa amostras de saliva ou de material coletado da nasofaringe de pacientes.
Prefeitura de Gonçalves/Divulgação
Como uma cidade turística de MG não tem nenhum caso da covid-19
Com apenas 4.345 habitantes, a pequena cidade de Gonçalves, no interior de Minas Gerais, movimenta-se principalmente pela atração dos turistas que querem conhecer o lado mineiro da Serra da Mantiqueira. Em meados de março, assim que a pandemia do novo coronavírus começou a se espalhar pelo Brasil, a cidade foi totalmente fechada. Quatro meses se passaram e, até o balanço de ontem, nenhum morador de Gonçalves havia testado positivo para a covid-19. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário