segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

Dirceu: um pecador sem remédio

O guerrilheiro de araque louva a Constituição que o PT tentou abortar José Dirceu foi campeão brasileiro de corrupção com o time do Mensalão e campeão mundial com a seleção do Petrolão. Condenado a mais de 30 anos de prisão, mas posto em liberdade pelo Supremo, acaba de dizer que a elite quer acabar com “as conquistas sociais e políticas da Constituição de 1988". Naquele ano, a bancada do PT liderada por Lula votou contra a promulgação do novo texto constitucional. Ao assumir a paternidade da Constituição que renegou, Dirceu só confirma que cadeia não recupera bandidos sem cura. #VEJA #AugustoNunes


Pesquisa avalia a opinião de brasileiros sobre a ditadura militar


Você sabe o que é a COP 25? VEJA Explica!

Nenhum comentário:

Postar um comentário