AdsTerra

banner

quarta-feira, 20 de março de 2024

Pesquisa sugere que Google teria interferido em eleições nos EUA

 

Segundo o estudo, nos últimos 16 anos, a empresa favorecia candidatos com valores progressistas




Um estudo do grupo conservador Media Research Center – Centro de Pesquisa de Mídia – revelou que o Google interferiu mais de 40 vezes nas eleições presidenciais dos Estados Unidos. Nos últimos 16 anos, a empresa teria favorecido candidatos democratas. O relatório destaca que o Google utiliza ferramentas para alavancar campanhas de candidatos mais alinhados com valores progressistas, enquanto esconde resultados de adversários conservadores. O Google nega qualquer irregularidade e se diz imparcial.

R7 

Nenhum comentário:

Postar um comentário