AdsTerra

banner

segunda-feira, 11 de março de 2024

BRDE fecha R$ 257,5 milhões em novos financiamentos na Expodireto

 Valor é 17% superior à edição passada, com destaque para projetos de geração de energia e inovação

Produtores procuraram crédito relacionado a políticas de sustentabilidade da matriz energética e transição climática 

Com forte demanda para projetos de geração de energia com fontes renováveis e na área de inovação, o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) fechou sua participação na Expodireto Cotrijal 2024 registrando R$ 257,5 milhões em novos financiamentos e pedidos encaminhados. Segundo banco, foi uma marca histórica alcançada em cinco dias de feira, superando em 17% o volume de solicitações da última edição.

Na avaliação do vice-presidente e diretor de Operações do BRDE, Ranolfo Vieira Júnior, o desempenho em Não-Me-Toque aponta para perspectivas positivas na economia gaúcha para 2024. “Tudo indica que teremos uma safra de verão com recordes, o que amplia a necessidade de novos investimentos para projetos que serão estratégicos ao futuro do agro gaúcho. Esse é justamente o papel do BRDE”, disse Ranolfo.

A maior demanda por crédito está relacionada com as políticas de sustentabilidade da matriz energética e transição climática. Projetos de geração de energia responderam por 36% do total das operações encaminhadas, somando investimentos na ordem de R$ 92 milhões. O destaque ficou com a contratação de R$ 72 milhões para a implantação da pequena central hidrelétrica – PCH Santo Antônio, no rio Jacuí, anunciada no primeiro dia da Expodireto. O projeto é uma iniciativa da Cooperativa Regional de Eletrificação Rural Alto Jacuí (Coprel).

Inovação

Igualmente com volume expressivo, a demanda por financiamento para projetos de inovação alcançou R$ 86 milhões (33% do total). Os pedidos estão relacionados em especial para desenvolvimento de novos produtos e modernização dos processos industriais (Indústria 4.0). “Investir em novas tecnologias e na pesquisa significa maior produtividade e perspectiva de renda a todas as etapas da cadeia do agro. O banco é uma referência em termos de apoio à inovação, algo que se fortaleceu na Expodireto deste ano”, observou o diretor de Planejamento, Leonardo Busatto.

Os investimentos para aumentar a capacidade de armazenagem também tiveram destaque entre as operações através do programa Meu Agro é BRDE. O montante de R$ 35 milhões disponibilizado pelo banco durante a Expodireto se refere ao novo posto de recebimento e concentração de leite que a CCGL irá construir no município de Hulha Negra, com capacidade para processar 400 mil litros ao dia. O contrato também foi celebrado no primeiro dia da feira, em evento que contou com a participação do governador Eduardo Leite e do ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Henrique Fávaro.

Os demais pedidos de novos financiamentos se relacionam com construção e ampliação de unidades industriais (R$ 26 milhões) e demais investimentos por parte de empresas, cooperativas, produtores rurais e o setor público. Entre as novidades divulgadas pelo BRDE durante a Expodireto 2024 está a parceria com o Consórcio Intermunicipal de Cooperação em Gestão Pública (Conigepu), que irá investir R$ 3,5 milhões em um novo modelo mecanizado para tratamento e reciclagem de resíduos sólidos.

O projeto contempla 12 municípios localizados na região da Zona da Produção e o objetivo é elevar o percentual de material reciclado sobre as 35 toneladas/dia de lixo urbano recolhidos no aterro localizado em Trindade do Sul. É a primeira operação de crédito do banco com consórcios municipais.

Resultados

Energia Renovável ……………………… R$ 92.000.000,00 (36%)
Inovação ................................................. R$ 86.000,00 (33%)
Armazenagem …………………....……… R$ 35.000,00 (14%)
Obras Indústria …………………....…..... R$ 26.000.000,00 (10%)
Outros ………………………….…...............…. R$ 18.500,00 (7%)
TOTAL ………………………….…...….………. R$ R$ 257.500,00

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário