domingo, 14 de agosto de 2022

Com um a mais, Grêmio perde para o CRB e deixa vice-liderança da Série B

 Derrota por 2 a 0 com dois gols de pênalti de goleiro encerra sequência de 17 jogos de invencibilidade; Geromel está fora da partida contra o Cruzeiro



Grêmio viu ruir a sua invencibilidade de 17 jogos na Série B em uma partida em que tudo deu errado desde muito cedo. A equipe de Roger Machado jogou mal mesmo com um a mais desde o primeiro tempo e levou 2 a 0 do CRB, na noite deste sábado, jogando fora de casa, no Estádio Rei Pelé, em Maceió. Com o resultado, o Tricolor deixa a vice-liderança da Série B: agora, é terceiro colocado, com 43 pontos, mesmo número do Bahia, e 10 a menos que o líder Cruzeiro.

Os dois gols do CRB foram no primeiro tempo. E marcados de pênalti pelo goleiro Diogo Silva, com uma cobrança em cada canto para definir o placar a favor dos donos da casa. Guilherme Romão foi expulso após entrada dura em Rodrigo Ferreira, mas nem assim o Grêmio levou perigo ao adversário. Geromel levou terceiro amarelo e é desfalque contra o Cruzeiro. 

O Grêmio se prepara agora para um confronto direto na busca pela liderança da Série B. O Tricolor enfrenta o Cruzeiro, no domingo, às 16h, na Arena, em jogo válido pela 25ª rodada da competição. 

Primeiro tempo com dois gols de pênalti do goleiro 

O Grêmio de Roger Machado foi a campo sem nenhuma grande surpresa. O time foi praticamente o mesmo que goleou o Operário por 5 a 1, na Arena. A única mudança foi forçada por suspensão: Nícolas, que recebeu o terceiro cartão amarelo no jogo de Porto Alegre, ficou de fora da partida. Para o lugar dele, o escolhido foi Diogo Barbosa.

Logo no início do jogo, o Grêmio já saiu no prejuízo. Aos 5 minutos, Gabriel Conceição fez grande jogada pela esquerda: ele passou como quis por Rodrigo Ferreira, aplicando um chapéu no lateral. Depois, quando tentou tirar de Biel, que ajudava na recomposição, foi derrubado pelo ponteiro. A arbitragem não hesitou em anotar o pênalti. O goleiro Diogo Silva cobrou com muita categoria, deslocando Brenno, batendo no canto esquerdo para fazer 1 a 0.

O Grêmio seguiu mal na partida e, aos 16, escapou de levar o segundo. Fabinho recebeu na área pela direita, e chegou a limpar a marcação de Bruno Alves para ficar cara a cara com Brenno. Antes de conseguir a finalização, no entato, o zagueiro tricolor se recuperou e fechou o espaço, atrapalhando a finalização e impedindo que o CRB ampliasse o marcador.

Ainda um pouco perdido em campo, o Grêmio parecia encontrar um fator facilitador para reverter a situação aos 22 minutos. O lateral-esquerdo do CRB entrou de sola só no tornozelo de Rodrigo Ferreira. Num primeiro momento, a arbitragem deu cartão amarelo. Mas, ao ser acionado para revisar a imagem no VAR, retirou a advertência e mostrou o cartão vermelho ao jogador, deixando o tricolor com um a mais.

Mas tratava-se apenas de uma impressão. Porque, mesmo com um a mais, o Grêmio conseguiu ceder ataque e ficar em menor número no sistema defensivo. Na finalização, a bola bateu na mão de Geromel dentro da área. Além do pênalti, o prejuízo ficou maior porque, pendurado, o zagueiro recebeu o terceiro amarelo e ficou fora do jogo contra o Cruzeiro, no próximo fim de semana. Novamente na cobrança, o goleiro do CRB trocou o canto, mas não foi suficiente para Brenno, que agora acertou o lado, fazer a defesa: 2 a 0 para os donos da casa.

Muito insatisfeito com o primeiro tempo ruim do Grêmio, Roger Machado fez uma troca ainda antes do intervalo. Para tentar colocar o time no ataque com um a mais, ele mandou a campo Elkeson no lugar de Lucas Leiva. Apesar de, no fim, ensaiar algumas jogadas com a participação do jogador, não foi o suficiente para sequer diminuir a vantagem, e o CRB foi para o vestiário bem à frente do Tricolor, não apenas no placar, como animicamente. 

Grêmio não ameaça na etapa final

Para a segunda etapa, Roger fez mais uma troca, agora no sistema defensivo. Sacou Geromel, já com cartão amarelo e fora da partida contra o Cruzeiro - e que também não fez bom primeiro tempo - para a entrada de Bitello. Com a mudança, precisou improvisar na zaga: quem fez o setor ao lado de Bruno Alves na segunda etapa foi Villasanti, para que Bitello fizesse a volância.

Nos primeiros 15 minutos, a vantagem numérica do Grêmio não fez tanta diferença. Sem encontrar espaço e sem conseguir fazer as penetrações no sistema defensivo adversário, o Tricolor se resumia a trocar passes de um lado a outro no campo do CRB. Os laterais, inoperantes, não contribuíam em nada para infiltrações.

Aos 17, Roger finalmente fez mais alterações. Sacou dois jogadores que não acrescentaram em nada no tempo que estiveram em campo: Guilherme e Campaz. O meia, especialmente, esteve sumido durante todo o jogo, quase ajudando a equilibrar a partida em 10 contra 10 a favor do CRB. Nos lugares deles, entraram Janderson e Gabriel Silva.

No entanto, com mais de 75 minutos de jogo, o Grêmio sequer ameaçou o goleiro adversário, que não havia feito nenhuma defesa difícil. A mira estava descalibrada: foram seis finalizações para fora, longe da direção do gol do adversário. A última arma lançada a campo para mudar isso foi Thaciano, no lugar de Biel, numa tentativa de Roger de equilibrar o time com as trocas confusas e que, até esse momento, não haviam dado resultado. 

Claramente não era a noite do Grêmio. Diante de um CRB desgastado por correr 60 minutos com um a menos, o Tricolor ensaiou uma pressão, e finalizou com perigo no fim do jogo. Mas não a tempo de evitar a derrota e, de quebra, a perda da invencibilidade de 17 jogos na Série B.

Série B - 24ª rodada

CRB 2

Diogo Silva; Raul Prata, Gum, Diego Ivo e Guilherme Romão; Jalysson, Claudinei, Rafael Longuine e Paulinho Moccelin, Gabriel Conceição e Fabinho. Técnico: Daniel Paulista

Grêmio 0

Brenno; Rodrigo Ferreira, Geromel, Bruno Alves e Diogo Barbosa; Villasanti, Lucas Leiva e Campaz; Biel, Guilherme e Diego Souza. Técnico: Roger Machado 

Gols: Diogo Silva (7, 36/1T)

Arbitragem: Vinicius Araújo (SP)

Cartões amarelos: Geromel (Grêmio)

Cartões vermelhos: Guilherme Romão (CRB)

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)

Data e hora: 13/08, às 20h30min

Correio do Povo


Dia dos Pais começará com sol, mas depois terá mudança de tempo no RS


Montagem do Acampamento Farroupilha de Porto Alegre ocorre em meio à emoção


Roger admite que "faltou competência" ao Grêmio para furar bloqueio do CRB

Dênis Abrahão vê derrota do Grêmio em "momento oportuno" e fala em "lições" para Série B



Montagem do Acampamento Farroupilha de Porto Alegre ocorre em meio à emoção


Público comemora abertura de loja de artesanato no segundo andar do Mercado Público



Moradores do bairro Ponta Grossa protestam por melhores condições em Porto Alegre


Ladrão é baleado e morto após roubar telefones celulares no Centro de Porto Alegre


Oito linhas têm mudança de terminais no Centro de Porto Alegre nesta segunda


Karaokês em Porto Alegre: bares voltam a ter grande procura e apostam na diversidade de público


Polícia Federal investiga comércio ilegal de possíveis estatuetas peruanas


Feira da Agricultura Familiar contará com 337 expositores na Expointer


Bolsonaro diz que confia nas urnas, mas não em "quem faz o programa"


Corpo de jovem executado a tiros é encontrado na beira da praia em Tramandaí



Prazo para pedir voto em trânsito termina na próxima quinta-feira


Candidatos a governos estaduais declaram R$ 1,1 bilhão em bens; confira patrimônios


Palmeiras bate Corinthians e amplia vantagem na liderança do Brasileirão


Concurso da Procempa tem inscrições prorrogadas até 17 de agosto


No Mané Garrincha, Cruzeiro sai atrás, mas empata com a Chapecoense pela Série B



Alemanha pede que aquecimento em escritórios seja limitado para economizar gás



Juventude é superado pelo Cuiabá fora de casa



Ativistas e dissidentes responsabilizam Irã por ataque a Salman Rushdie



Nenhum comentário:

Postar um comentário