sexta-feira, 22 de julho de 2022

Obras na ERS-135 provocam alterações no trânsito de veículos entre Passo Fundo e Erechim

 


A recuperação no pavimento e a implantação de melhorias na sinalização horizontal na ERS-135, entre Passo Fundo e Erechim, requerem atenção redobrada de motoristas que trafegam pela região. Em função dos trabalhos, o trânsito está fluindo em meia pista — onde está sendo adotado o sistema de fluxo intercalado de veículos. O alerta foi dado pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR).

Do quilômetro 41 ao 43, há homens e máquinas na pista realizando a instalação de drenos para o escoamento da água, melhorando a trafegabilidade em dias de chuva. Entre os quilômetros 18 e 22, em Coxilha, ocorre a conservação rotineira com a execução de roçadas e limpeza das faixas de domínio.

A ERS-135 liga os municípios de Passo Fundo e Jacutinga, e, ao longo de sua extensão, cruza Coxilha, Sertão, Getúlio Vargas e Erechim. Ela possui o total de 79,890 quilômetros de extensão e é considerada longitudinal pela direção e sentido que percorre.

A Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) administra 78,330 quilômetros da rodovia, de Passo Fundo a Erechim, assim como o pedágio comunitário situado em Coxilha. Os acessos aos Municípios Lindeiros foram concebidos com as obras e serviços realizados com a arrecadação da praça.

Outros trechos

Com a melhora do tempo, trabalhadores e máquinas voltaram às pistas para executar serviços em outras 13 estradas gaúchas. Os trabalhos incluíram obras viárias, reparos localizados, manutenção asfáltica, operação tapa-buracos, roçada e limpeza da faixa de domínio e drenagem.

– Obras de construção de rotatórias:
RSC-287, obras no quilômetro dois, na travessia urbana de Montenegro.

– Obras de construção de alça de acesso:
ERS-122, obras no quilômetro 82, no entroncamento com a RSC-453, em Caxias do Sul.

– Construção de via de acesso:
ERS-115, no quilômetro 32, acesso para linha Carahá, em Gramado.

– Tapa-buracos:
ERS-135, ERS-129, ERS-130 e RSC-453, em toda a extensão das rodovias.

– Reparos localizados e manutenção no pavimento:
ERS-129, no quilômetro 93 ao 97, em Vespasiano Correa;
ERS-239, do quilômetro 23 ao 27, entre Campo Bom e Sapiranga;
ERS-235, do quilômetro oito ao 11, em Nova Petrópolis;
ERS-474, do quilômetro 22 ao 24, em Santo Antônio da Patrulha;
ERS-240, do quilômetro 19 ao 22 e do 25 ao 27, em Capela de Santana;
ERS-040, do quilômetro 45 ao 46, em Viamão;

Vale do Taquari

Os motoristas do Vale do Taquari também precisam ter atenção redobrada ao circular pela RSC-453. Ao longo dos próximos meses, serão realizadas obras de manutenção em 29,8 quilômetros da estrada, entre a RSC-287, em Venâncio Aires, e o entroncamento com a ERS-130, em Lajeado, no Vale do Taquari. A previsão é de que as obras comecem imediatamente.

Trabalhadores e máquinas estarão na pista para fazer a recuperação asfáltica do trecho, além de implantar duas interseções, nos quilômetros 27 e 29, e uma ampliação no acesso ao Distrito Industrial de Venâncio Aires.

As ações poderão ocasionar bloqueios de faixas e, consequentemente, lentidão ou retenção sinalizada de veículos. Diante disso, a EGR reforça aos condutores que respeitem a sinalização e os limites de velocidade.

O Sul

Nenhum comentário:

Postar um comentário