segunda-feira, 25 de julho de 2022

Grécia combate grandes incêndios florestais em meio à onda de calor

 Pessoas estão precisando ser evacuadas por conta da proximidade da fumaça


A Grécia luta neste domingo contra três grandes incêndios florestais no norte, sul e leste do país com temores de que a onda de calor cause novos incidentes. Na ilha de Lesbos, o incêndio que eclodiu no sábado e provocou a evacuação de 200 pessoas na cidade de Vryssa, já que as chamas estavam a 500 metros de algumas casas, afirmou o vice-prefeito do este de Lesbos à rádio Skai.

Neste domingo, a cidade de Stavros também precisou ser evacuada. No sábado, o incêndio provocou a retirada de centenas de turistas e moradores da cidade turística de Vatera, indicou a televisão pública ERT, citando fontes oficiais.

Pelo menos quatro casas foram destruídas, segundo a ERT. Desde sábado, a Grécia sofreu uma onda de calor que, segundo as previsões, durará 10 dias com temperaturas de até 42°C em algumas áreas.

No norte do país, bombeiros, auxiliados por voluntários, lutam pelo quarto dia consecutivo contra um violento incêndio no Parque Nacional Dadia.

O fogo, muito difícil de combater, segundo o porta-voz dos bombeiros Yiannis Artopoios, obrigou as autoridades a evacuar a cidade de Dadia na noite de sábado. No Peloponeso, a cidade de Chrisokelaria também foi evacuada na noite de sábado devido a um incêndio perto de Koroni que os bombeiros ainda combatiam no domingo.

Na quarta-feira, um incêndio florestal nas montanhas perto de Atenas danificou casas e forçou várias centenas de pessoas a deixar suas casas, a poucos quilômetros da cidade costeira de Mati, palco do pior incêndio florestal da Grécia em 2018, no qual 102 pessoas morreram.


Ouça "Lembra do calorão de janeiro no RS? Verão europeu mostra que temperaturas extremas serão frequentes" no Spreaker.

AFP e Correio do Povo


Fluminense supera Bragantino e aumenta série invicta no Brasileirão

Nenhum comentário:

Postar um comentário