terça-feira, 7 de junho de 2022

Prefeito de Porto Alegre e governador discutem a dívida do Estado com o Dmae e ações nas áreas da segurança e saúde

 


O prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, foi recebido, na manhã desta terça-feira (07), pelo governador Ranolfo Vieira Júnior no Palácio Piratini. Os dois discutiram pautas prioritárias a segurança e saúde, além da dívida estadual com o Dmae (Departamento Municipal de Água e Esgotos).

Melo formalizou o interesse da prefeitura em retomar o convênio com a Brigada Militar que oportunize o repasse de horas extras para potencializar o número de profissionais em ação ostensiva na Capital. “A segurança pública é prioritária, e queremos trabalhar junto com o Estado para vencer essa batalha. Pretendemos retomar o convênio e buscamos ainda uma integração tecnológica efetiva dos sistemas das nossas forças operacionais”, disse o prefeito.

No âmbito da saúde, foi reforçado o apelo para apoio estadual na ampliação da capacidade de leitos de internação clínica adulto, a fim de normalizar o fluxo de atendimento dos usuários do SUS (Sistema Único de Saúde) do Estado que convergem para a Capital.

A Rede de Urgências e Emergências da cidade tem atuado em um patamar acima de 150% da capacidade de leitos instalados. Conforme a Secretaria Municipal de Saúde, mais de 60% dos pacientes que aguardam por internação em hospitais de Porto Alegre são originários do interior.

Dmae

Diante dos débitos referentes às contas emitidas pelo Dmae para a Susepe (Superintendência dos Serviços Penitenciários), o prefeito reforçou a oportunidade de adesão ao Refis. A dívida do Presídio Central de Porto Alegre está atualizada em mais de R$ 400 milhões. As equipes do Estado e da prefeitura irão dialogar para identificar a forma mais adequada de regularizar os débitos.

O Sul


Média de casos de Covid no Brasil dobra em duas semanas e volta aos níveis do final de março

Nenhum comentário:

Postar um comentário