terça-feira, 24 de agosto de 2021

Governadores pedem reunião com Bolsonaro para diminuir a tensão entre o Poderes

 


Governadores de todos os Estados brasileiros e do Distrito Federal decidiram, durante reunião nesta segunda-feira (23), solicitar uma audiência com o presidente Jair Bolsonaro para tentar diminuir a tensão entre os Três Poderes.

Os gestores também informaram que estão preparando uma carta para os chefes do Judiciário e do Legislativo para que possam ser marcados encontros com o objetivo de diminuir a instabilidade política, além de avançar em pautas de interesse dos Estados.

Após a reunião, o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), que coordena o Fórum Nacional de Governadores, afirmou que os gestores defenderam uma posição única na defesa da democracia, do respeito à Constituição e às leis. Com isso, segundo ele, a ideia é evitar que os investidores deixem o País.

“O objetivo é demonstrar a importância de o Brasil ter um ambiente de paz, um ambiente de serenidade, um ambiente em que possamos garantir nessa forma de valorização da democracia, da Constituição, da lei, mas, principalmente, criar um ambiente de confiança, que permita a atração de investimentos, a geração de emprego e renda”, disse Dias.

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), afirmou esperar que Bolsonaro consiga receber todos os governadores. “Todos têm ideias muito boas, todos querem ajudar o Brasil. Acho que o momento que o País passa é um momento muito ruim. Quando aparece alguém que quer fornecer ponte nesse momento, em vez de implodir as pontes, pode ser uma saída para restabelecer o ambiente”, declarou.

Os representantes das unidades da Federação também se manifestaram contra uma reforma tributária que gere perda de arrecadação aos Estados e pediram entendimentos para a criação de um consórcio para a gestão de projetos ligados à sustentabilidade do meio ambiente.

Foram tratados ainda temas como impostos sobre combustíveis, tarifas de energia elétrica e a cobrança da diferença de alíquota do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) nas operações interestaduais.

De maneira híbrida, o Fórum Nacional de Governadores ocorreu no Salão Nobre do Palácio do Buriti, em Brasília. A maioria dos gestores optou pelo sistema de videoconferência. O governador do RS, Eduardo Leite, participou de forma virtual.

O Sul

Nenhum comentário:

Postar um comentário