quarta-feira, 25 de agosto de 2021

Biden celebra avanço de medidas e defende estratégia atual no Afeganistão

 Estados Unidos planeja retirada das tropas até o dia 31 de agosto


O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, comemorou que a Câmara dos Representantes tenha votado para avançar com um orçamento de US$ 3,5 trilhões que, segundo ele, é crucial para o país. Durante entrevista coletiva, ele também defendeu a estratégia americana atual para retirar pessoas do Afeganistão, após a chegada do Taleban ao poder local e diante da saída dos militares americanos do país.

Biden disse que são necessários investimentos de longo prazo, a fim de apoiar os americanos na retomada econômica. Ele ressaltou o crescimento atual do país, mas argumentou que as medidas que deseja aprovar, em infraestrutura e outros pontos, são cruciais, garantindo por exemplo a volta de mulheres ao mercado de trabalho e um maior apoio a famílias de baixa renda.

O presidente americano também comentou a reunião virtual ocorrida mais cedo entre líderes do G7. Segundo ele, o grupo concordou em manter cooperação próxima sobre a retirada no Afeganistão. Biden disse que os EUA caminham para conseguir cumprir a meta de concluir a retirada dos americanos no país até o dia 31, mas ressaltou que desejam fazer isso o quanto antes, já que segundo ele há o risco de tentativas de ataques terroristas do braço local do Estado Islâmico.

Segundo Biden, houve concordância entre os membros do G7 sobre uma abordagem unificada em relação ao Taleban. "Julgaremos o Taleban por suas ações, não por suas palavras", garantiu, dizendo que o grupo precisa se comprometer contra o terrorismo.


Agência Estado e Correio do Povo


Palacios é convocado pelo Chile para as eliminatórias e desfalca o Inter

Nenhum comentário:

Postar um comentário