quinta-feira, 24 de junho de 2021

Golpes em aplicativos de delivery aumentaram em 186%, diz Procon-SP

 Reclamações registradas contra IFood, Rappi e Uber Eats mais duplicaram em 2021

O IFood teve 44 reclamações em 2020 e 80 em 2021, um aumento de 81%. No Rappi, foram 29 casos ano passado e 105 neste ano, 262% de aumento; Já o Uber Eats teve 14 em 2020 contra 64 em 2021, com alta de 357%.  

De acordo com as reclamações, os consumidores são cobrados em valores indevidos pelo entregador do app e só percebem o golpe após o dinheiro ser debitado. Apesar de reclamarem com a empresa responsável, não conseguem reaver os valores.

"Com a pandemia esses golpes aumentaram muito. Quem for vítima e for cobrado em valor incorreto, deve acionar o Procon-SP. Nós iremos apurar a responsabilidade da empresa e acionar a polícia. As empresas de delivery devem responder pelos problemas e ressarcir o consumidor", afirma Fernando Capez, diretor executivo do Procon-SP.

Procon-SP registrou um aumento de 186% nas reclamações sobre golpes aplicados por entregadores de apps de delivery de comida. De janeiro a maio deste ano, foram registrados 249 atendimentos contra as empresas Ifood , Rappi e Uber Eats . No mesmo período do ano passado foram 87.

Fonte: economia.ig - 23/06/2021 e SOS Consumidor

Nenhum comentário:

Postar um comentário