quarta-feira, 19 de maio de 2021

Prefeitura apresenta objetivos de gestão de Porto Alegre até 2024 com o Prometa

 Sebastião Melo classifica Programa de Metas como um "contrato com a população" da Capital



Os principais objetivos da gestão Sebastião Melo na prefeitura de Porto Alegre foram delineados, nesta terça-feira, com a apresentação do Programa de Metas 2021-2024 (Prometa). As propostas, definidas pelo prefeito como "um contrato com a população", foram elencadas num documento apresentado durante audiência pública virtual que contou com Melo e o secretário de Planejamento e Assuntos Estratégicos, Cezar Schirmer.

“Transparência e diálogo são fundamentais para a gestão pública. E a audiência é uma bela oportunidade de recebermos críticas e sugestões, que são muito bem-vindas para qualificar nosso trabalho pela cidade”, salientou o prefeito. Por meio da plataforma, os cidadãos puderam se manifestar e esclarecer as dúvidas com relação às propostas e compromissos assumidos pela atual administração municipal.

O Prometa teve origem em um projeto de emenda à Lei Orgânica do Município proposto pelo então vereador Sebastião Melo, aprovado pela Câmara Municipal em 2015. A iniciativa  determina a apresentação de um planejamento das ações do Executivo, fazendo a administração municipal se comprometer com resultados em benefício de quem recebe os serviços públicos. "O Prometa é instrumento de gestão, mas também é um instrumento de controle social, por meio da prestação de contas sobre aquilo que se pretende para toda a nossa gestão", salientou Schirmer.

A edição 2021-2024 é composta por uma seleção de 131 indicadores de desempenho e suas respectivas metas, relacionados aos 12 objetivos estratégicos da gestão. São quatro eixos que abrigam os mais diversos pontos da gestão municipal

Conheça os eixos:

Eixo Serviços Públicos – contempla três objetivos estratégicos e 40 metas. Visa melhorar a utilização dos espaços e serviços públicos para os cidadãos de Porto Alegre, tornando a cidade mais limpa, sustentável, iluminada, com deslocamento seguro e infraestrutura qualificada.

Eixo Desenvolvimento Social – contempla três objetivos estratégicos e 53 metas. Tem como prioridade proporcionar melhor qualidade de vida à sociedade porto-alegrense por meio de ações de educação mais eficientes, acesso aos direitos sociais, prevenção e proteção à saúde, acesso a atividades de esporte, cultura e lazer, observando os direitos fundamentais e a segurança pública.

Eixo Desenvolvimento Econômico – abarca três objetivos estratégicos e nove metas. Tem como cerne de suas ações estabelecer um ambiente de negócios profícuo para a cidade, promovendo a liberdade econômica, a desburocratização, a inovação e o empreendedorismo, observando e aproveitando as oportunidades que a vocação turística e cultural da cidade proporcionam, sempre pensando estratégias de desenvolvimento urbano e ambiental sustentáveis.

Eixo Gestão – as ações perpassam transversalmente todos os demais eixos e objetivos, visando aperfeiçoar a gestão municipal desenvolvendo estratégias que promovam a execução das políticas públicas de forma eficaz, colaborando para o equilíbrio fiscal e o uso eficiente dos recursos públicos. Este eixo contempla três objetivos estratégicos e 29 metas.

Correio do Povo


Lewandowski nega pedido de secretária para se manter em silêncio na CPI da Covid


Hospital de Bento Gonçalves alerta para início da 3ª onda de Covid-19


Brasil registra 2.513 mortes por Covid-19 e 75.445 novos casos em 24h


Queiroga volta atrás em projeção de vacinar 2,4 milhões por dia contra Covid-19


Prefeitura de Pinheiro Machado deverá repetir lockdown nesta semana


Brasil registra 2.513 mortes por Covid-19 e 75.445 novos casos em 24h

Nenhum comentário:

Postar um comentário