terça-feira, 18 de maio de 2021

Câmara dá aval para a privatização da Eletrobras?; Ernesto Araújo na CPI da Covid e o evento Google I/O

 

A Desperta destaca a participação do ex-chanceler Ernesto Araújo na CPI da Covid, a votação na Câmara da MP sobre a privatização da Eletrobras e o evento do Google para desenvolvedores. Boa leitura.
Cartaz com Warnock e Ossoff, candidatos na Geórgia: definição sobre a maioria no Senado dos EUA é um dos temas nos mercados nesta terça-feira | Brandon Bell/Getty Images

Ernesto Araújo deverá explicar à CPI da Covid ataques à China e à OMS

1 - NO RADAR
 
O mercado internacional ensaia um dia positivo com os principais índices de ações subindo, após iniciarem a semana em baixa. Dão o tom positivo às bolsas globais sinais de leve recuperação da economia europeia e, principalmente, a queda do rendimento dos títulos americanos de 10 anos — convencionado como o principal indicador das expectativas sobre a inflação americana. No Brasil, as ações da Vale e de siderúrgicas devem voltar a apresentar bom desempenho nesta sessão, após o minério de ferro subir 5%na bolsa de Dalian nesta madrugada. Leia mais.

2 - ERNESTO ARAÚJO NA CPI DA COVID

O ex-ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo precisará explicar à CPI da Covid, nesta terça-feira, 18, a falta de iniciativa em negociações para aquisição de vacinas contra a covid-19 no período em que ele esteve à frente do Itamaraty. O ex-chanceler será questionado sobre  falas polêmicas e crises geradas com outros países , principalmente com a China, que podem ter comprometido a compra de imunizantes e insumos pelo Brasil. Araújo, assim como o presidente Jair Bolsonaro, chamou o novo coronavírus de “vírus chinês” e “comunavírus”. A falta de interesse na busca de vacinas com a Índia também será questionada na CPI. Os senadores devem perguntar por que, em reunião com o chanceler indiano, Araújo não mencionou a aquisição de imunizantes para o Brasil. Leia mais.


3 - PRIVATIZAÇÃO DA ELETROBRAS

A primeira etapa para privatizar a Eletrobras será uma prova de fogo: a aprovação no Congresso. Nesta terça-feira, está previsto que a Câmara vote a Medida Provisória que autoriza o governo a privatizar a empresa. É só com o aval do legislativo que empresas como a gigante do setor de energia, bancos públicos e a Petrobras podem sair do controle estatal. Caso a medida seja aprovada, o BNDES deve dar início aos estudos de modelagem econômica da privatização. O governo pretende fazer uma capitalização, em que vende ações da companhia até perder a maioria. A expectativa é que possam ser levantados cerca de 60 bilhões de reais. Leia mais.


4 - GOOGLE

Começa hoje o Google I/O, conferência para desenvolvedores que reúne as principais novidades de inovação nos produtos da empresa . O evento tem duração de três dias e acontecerá de forma totalmente virtual e gratuita, com transmissão ao vivo diretamente da sede do Google em Mountain View, na Califórnia. A conferência para desenvolvedores da empresa costuma divulgar informações sobre os últimos lançamentos de produtos e dicas dos especialistas do Google, além de aprendizado prático. Conheça os principais eventos do primeiro dia.
  
Brasil se aproxima de 437 mil mortes por covid, com 1.039 óbitos registrados em 24 horas.

Saiba quando Fiocruz e Butantan devem receber mais remessas de IFA para as vacinas contra covid.

China supera EUA 
e já tem o ritmo de vacinação mais rápido do mundo.

Dólar 
começa a deslizar com exportadoras de volta ao mercado.

Mercado 100% online, Shopper leva R$ 120 milhões e quer crescer fora de São Paulo.

"Falaram que voaríamos de cabeça para baixo", diz presidente da Itapemirim.

Startup brasileira 
quer vender a Elon Musk a solução para o bitcoin.

Vitalik Buterin 
destrói 6,7 bilhões de dólares em tokens shiba inu.

Podcast Exame Política: 
Culpados por erros na pandemia têm de ser responsabilizados, diz  microbiologista Natalia Pasternak. 
     
CAPA DO DIA — NEGÓCIOS
Bolsa
HOJE | Xangai / + 0,32%
Tóquio / + 2,09%
Londres / + 0,35% (às 7h)

 
ONTEM| Ibovespa / + 0,84%
Dólar / 5,26 reais (- 0,09%)

S&P 500 / - 0,25%
Mesmo após sua volta à Terra em dezembro, a sonda chinesa Chang'e5 continua oferecendo informações surpreendentes sobre a Lua. A Chang'e5 se dirigiu a um ponto no espaço que fica a 1,5 milhão de quilômetros de distância da Terra na direção do Sol, conhecido como Lagrange Sol-Terra. Lá conseguiu capturar uma imagem inédita da Terra e da Lua juntas e perfeitamente alinhadas. Confira na reportagem.

Sonda chinesa envia foto inédita da Lua alinhada com a Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário