quarta-feira, 9 de dezembro de 2020

Jogadores de PSG e Istanbul abandonam partida após denúncia de racismo

 Partida da Liga dos Campeões foi suspensa após membro da equipe de arbitragem ofender integrante da comissão técnica do time turco



O Parque dos Príncipes, em Paris, foi palco de um momento histórico para o futebol europeu nesta terça-feira. As duas equipes abandonaram o campo após a denúncia de uma ofensa racista por parte do quarto árbitro contra um integrante da comissão técnica do Istanbul, em partida contra o PSG, pela Liga dos Campeões. 

O quarto árbitro romeno teria ofendido o camaronês Pierre Webo, ex-atacante e membro da comissão técnica do time turco. Revoltado, o jogador Demba Ba, do Istanbul, protestou e foi expulso. Revoltados, os jogadores das duas equipes deixaram o gramado. Conforme a UEFA, a partida está suspensa. 

A confusão aconteceu logo no início do jogo, aos 13 minutos do primeiro tempo. Por meio de sua conta oficial no Twitter, o Istanbul protestou contra o racismo.


Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário