quarta-feira, 4 de novembro de 2020

Trump desacredita chance de virada e promete ir à Suprema Corte para parar contagens

 Presidente dos EUA acusou democratas de serem "grupo triste de pessoas" que tenta questionar sua vitória



O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, não chegou a declarar vitória antecipada, mas garantiu que os republicanos estavam se preparando para uma grande comemoração. Ele prometeu ir à Suprema Corte para parar as contagens. "Não quero que no meio da madrugada eles surjam com alguma contagem para prejudicar isso", enfatizou.

"Um grupo triste de pessoas está tentando invalidar o esforço dessas pessoas. Estamos nos preparando para uma grande festa", disparou. "Isso é uma fraude para os norte-americanos. É embaraçoso para o processo. Nós estamos nos preparando para vencer. Nós vamos vencer."

Trump focou em desacreditar as projeções que ainda mostravam chances de Joe Biden virar a disputa em estados essenciais para sua vitória. "Quero agradecer o apoio dos americanos, milhões e milhões votaram para a gente", ponderou.

"Os resultados são bons. O povo desse país foi às ruas como nunca. E vencemos em lugares que nem esperávamos vencer tão bem", definiu. "Como a Flórida, vencemos por uma grande vantagem."

A partir daí, o presidente atacou a matemática que pode dar votos antecipados aos democratas. "Está claro que vencemos Geórgia. Não podem nos alcançar lá. Também já quase vencemos a Carolina da Norte." Logo em seguida, se contradisse ao citar chances de virar no Arizona. "Ainda temos muitas chances no Arizona e alguém já declarou a vitória do adversário", citou.

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário