quarta-feira, 18 de novembro de 2020

As maiores empresas do ano; Covas e Paes lideram com folga; Novo "Poderoso Chefão"

 

A EXAME celebra nesta quarta-feira nova edição do prêmio MELHORES E MAIORES, a premiação mais tradicional para empresas no Brasil. Neste ano, será possível assistir online. A Desperta destaca ainda a aprovação da compra da Linx pela Stone, o novo Pronampe e novas pesquisas de intenção de voto em São Paulo e Rio. Boa leitura.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, na edição do ano passado: premiação de 2020 será aberta a todos os leitores pela primeira vez | Flavio Santana/Exame
 
1 - MELHORES E MAIORES

Lançado pela EXAME em 1974, MELHORES E MAIORES consolidou-se ao longo dos anos como o principal prêmio para celebrar o capitalismo brasileiro. Nesta quarta-feira, o evento, pela primeira vez, será transmitido inteiramente online e poderá ser visto no portal da Exame, a partir das 17h. A transmissão virtual, uma necessidade imposta pela pandemia, tem uma vantagem: o evento de premiação, antes uma cerimônia fechada para poucos convidados, será aberto a todas as pessoas. O ministro da Economia, Paulo Guedes, participa da abertura, e o ministro Tarcísio Gomes de Freitas, da Infraestrutura, fala em painel sobre “O Brasil de 2021”. Durante o evento, serão divulgados os nomes das empresas vencedoras em 20 setores da economia, além da "Empresa do Ano", "Melhor do Agro" e a "Empresa Mais Admirada do Brasil", esta por votação popular. Veja a programação completa e como participar
 

2 - FIM DA NOVELA

Os principais índices de ações oscilam próximos da estabilidade nesta quarta-feira, depois de os mercados terem tido uma sessão de realização de lucros na véspera. No Brasil, o dado econômico mais importante do dia será a segunda prévia do IGP-M de novembro. Com aumento muito superior ao IPCA, o IGP-M já acumula alta de mais de 20% nos últimos 12 meses. Ontem, o Ibovespa bateu 107.000 pontos pela primeira vez desde março. A quarta-feira também deve seguir trazendo a repercussão da aprovação da compra da Linx pela Stone, que foi aprovada em assembleia ontem, com aumento da oferta da Stone para 6,7 bilhões de dólares. A EXAME traz todos os bastidores da assembleia que encerrou a novela


3 - NOVO PRONAMPE

O Senado deve votar o projeto de lei que cria a terceira fase do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), criado para ajudar as pequenas empresas na crise. Se o texto for aprovado, o programa passa a ser permanente, mas com novas regras, que incluem juros mais altos (de 6% mais Selic, ante 1,25% mais Selic antes) e prazo de carência menor. A alta demanda pelo crédito fez o dinheiro acabar em poucos dias em vários bancos nas duas primeiras fases. Cerca de 450.000 contratos foram efetuados desde que o Pronampe entrou em vigor, com quase 33 bilhões de reais. A terceira fase deve ter ao menos 10 bilhões de reais para empréstimos, podendo chegar a 40 bilhões. Leia mais


4 - COMANDO ALEMÃO

Em meio ao avanço da pandemia, e o retorno dos regimes de lockdown em boa parte dos países europeus, o governo da Alemanha assume no lugar da Grécia nesta quarta-feira a presidência do Conselho da Europa. A aliança foi fundada em 1949 para garantir a democracia e a normalidade das relações no continente. Embora não tenha relação formal com a União Europeia, o conselho é tido como um embrião do bloco econômico europeu. O órgão não tem o poder para fazer leis, mas tem mandato para pressionar os países membros. Entre os assuntos mais urgentes do mandato que começa nesta quarta-feira está a relação delicada com a Rússia, que é um dos 47 países membros do Conselho da Europa. A relação entre Merkel e Putin se deteriorou com a contestada eleição na Bielorrússia neste ano. A Alemanha também abriga o opositor russo Alexei Navalny. Leia mais
 
Nova pesquisa EXAME/IDEIA mostrou que o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), herdou mais votos do que Guilherme Boulos (PSOL). Covas tem 64% das intenções de voto e Boulos, 36%. Veja os detalhes.

No Rio, Eduardo Paes (DEM) lidera com 67%, contra 33% do atual prefeito, Marcelo Crivella (Republicanos). Veja os detalhes.

O Amapá, que enfrenta desabastecimento de energia desde 3 de novembro, sofreu ontem um novo apagão. Também ontem, no Congresso, o diretor da Aneel, reguladora do setor, disse que um relatório sobre o caso ficará pronto em 10 dias e consumidores serão ressarcidos

A média móvel de mortes por covid-19 no Brasil voltou a ficar acima de 550. No boletim dessa terça-feira, foram 676 vítimas, chegando ao total de 166.743 mortes no Brasil. Veja os números.

A CoronaVac, vacina da chinesa Sinovac, induziu rápida resposta imune, segundo mostraram estudos preliminares publicados ontem. Ainda não há dados sobre a eficácia nos moldes de Pfizer e Moderna.

O presidente argentino, Alberto Fernández, publicou em suas redes sociais que enviou ao Congresso uma nova proposta de legalização do aborto. Em 2018, proposta parecida foi aprovada na Câmara e rejeitada no Senado. 

A Amazon tem um novo alvo: as farmácias. A varejista anunciou a Amazon Farmácia, uma frente de venda de medicamentos prescritos, onde seus clientes podem pedir o delivery de remédios que tomam com frequência.  

A Tesla vai entrar para o S&P500, o maior índice de ações dos EUA. A estreia acontece em dezembro. Com a notícia a fortuna de Elon Musk saltou 15 bilhões de dólares, para mais de 117 bilhões.
 
Novos investidores precisam aprender a cultura do longo prazo, diz Luiz Barsi. O maior investidor individual da bolsa diz também que não investiu em nenhum IPO neste ano porque os achou caros. Leia a entrevista.

Os 10 livros que Jeff Bezos recomenda para melhorar seu negócio

Bancos e fintechs
 sorteiam 1 milhão de reais em dinheiro para quem fizer PIX.

A Apple 
pode estar trabalhando em um celular com tela dobrável

A Microsoft 
inicia hoje no Brasil testes com os usuários para jogos em nuvem. Veja o que muda

As buscas pelo Disney+ cresceram 1.600% no Google antes do lançamento no Brasilque aconteceu ontem.

Para os gêmeos Winklevoss (sim, os do Facebook), 17.000 dólares no bitcoin é "uma pechincha".

Ricardo Amorim, Luiza Trajano e Sofia Esteves lideram o ranking do LinkedIn como os mais influentes de 2020.  Veja a lista.
Bolsa
HOJE | Xangai / +0,22%
Tóquio / -1,10%
Londres / -0,12% (às 7h)


ONTEM | Ibovespa / +0,77%
S&P 500 / -0,48%
Dólar / 5,33 reais (-1,97%)
A Paramount Pictures lançou nesta terça-feira o trailer e o cartaz da nova edição do último filme da trilogia épica "O Poderoso Chefão", de Francis Ford Coppola, que se chamará “O Poderoso Chefão – Desfecho: A Morte de Michael Corleone”. O novo filme será lançado em 3 de dezembro em cinemas selecionados no Brasil e busca atingir a visão original do diretor Coppola e do roteirista Mario Puzo para o final da trilogia. Veja o trailer
Pôster de "O poderoso chefão - Defecho": 300 caixas de negativos originais tiveram de ser utilizadas | Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário