sábado, 7 de novembro de 2020

A Procuradora-chefe do Tribunal Penal Internacional, Fatou Bensouda, disse que “há base razoável” para se crer que crimes dentro da jurisdição da Corte foram cometidos na Venezuela - especificamente, crimes contra a Humanidade na repressão violenta a protestos, prisões em massa e tortura de dissidentes

 ATENÇÃO: A Procuradora-chefe do Tribunal Penal Internacional, Fatou Bensouda, disse que “há base razoável” para se crer que crimes dentro da jurisdição da Corte foram cometidos na Venezuela - especificamente, crimes contra a Humanidade na repressão violenta a protestos, prisões em massa e tortura de dissidentes.

O próximo passo da apuração preliminar é averiguar se esses crimes foram processados e punidos pela poder judiciário do país em questão. Constatada a impunidade, o Tribunal poderá iniciar a investigação formal.





Fonte: https://www.facebook.com/story.php?story_fbid=3571326226291191&id=198620036895177

Nenhum comentário:

Postar um comentário