terça-feira, 15 de setembro de 2020

Conmebol amplia para 50 o número de jogadores que podem ser inscritos na Libertadores

Inter e Grêmio têm até as 18h desta segunda-feira para enviar a lista

Conmebol ampliou para 50 o número de inscritos e ainda permitiu que atletas atuem por três clubes

O Conselho da Conmebol ampliou o número de jogadores que podem ser inscritos na Libertadores e Sul-Americana 2020 de 40 para 50. Os clubes que disputam os jogos dos dias 15, 16 e 17, como é o caso do Inter e do Grêmio, terão até às 18h desta segunda-feira para enviar para a entidade os jogadores que entram na lista.
Os atletas terão que ser inscritos com números entre 41 e 50 nas camisetas. As delegações poderão contar com até 50 pessoas no total, o que impossibilitará de que todos os jogadores viagem para as partidas.
A decisão divulgada no domingo também permite que os jogadores possam atuar em até três clubes na mesma edição da Libertadores. A regra colocada no regulamento em dezembro de 2019 permitia que eles atuassem por duas agremiações, mas, com a pandemia, a decisão foi por ampliar o número de transações.
O Grêmio enviou na manhã desta sexta-feira uma listagem com 40 jogadores (link para site da Conmebol), mas deve ampliar até o final do dia. Entre as novidades estão cinco atletas do grupo de transição: Da Silva, Jefferson, Varela, Vini e Elias. O Tricolor reestreia na competição na quarta-feira, às 21h30min, contra a Universidad Católica, no Chile. 
Na sexta-feira o Inter revelou a lista com 38 atletas (link para site da Conmebol), deixando em aberto as vagas de Fuchs e Roberto para futuras trocas. William Pottker e Sarrafiore seguem entre os inscritos, mas devem ser negociados durante a semana. O clube também deve enviar nova lista para a inscrição. O Colorado recebe o América de Cali, no Beira-Rio, na quarta-feira, às 19h15min. 

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário