quarta-feira, 8 de julho de 2020

Vítima de deslizamento é sepultada em Caxias do Sul (RS)

Devido fortes chuvas, casa onde estava o homem desabou na noite dessa terça-feira

Devido fortes chuvas, casa onde estava o homem desabou na noite dessa terça-feira

Foi sepultado no final da tarde desta quarta-feira, em Caxias do Sul, o corpo de Geisson Maximovitz, 35 anos. Ele morreu por volta das 19h da terça-feira, após um deslizamento de terra e pedras atingir a casa em que morava. O fato aconteceu na rua Adelaide da Silva, no bairro Mariani. Na hora do acidente chovia muito e o corpo foi resgatado dos entulhos por volta das 22h20min. O velório e sepultamento de Maximovitz ocorreu na Capela do Cemitério Municipal - Rosário II.
Maximovitz morava na casa com sua esposa, 30 anos, e mais duas filhas, de nove e 14 anos. As duas filhas não estavam na residência na hora que houve o deslizamento. Maeli também ficou soterrada por cerca de duas horas, mas conseguiu sobreviver e não teve ferimentos graves.
O coordenador da Defesa Civil de Caxias do Sul, Alexandre Bortoluz, informou que foi feita vistoria na área onde ocorreu o deslizamento e interditadas temporariamente, por precaução, duas casas próximas onde houve o acidente. A interdição permanecerá até que seja feita uma melhor analise sobre a estabilidade do terreno. Segundo Bortoluz, três famílias tiveram que deixar as moradias.
Agora, a família precisa de doações diversas. Os contatos podem ser feitos pelo telefone 9.9197.9866.
Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário