sexta-feira, 15 de maio de 2020

Após protesto, São Leopoldo (RS) estuda flexibilizar reabertura de academias

Em uma nova reunião, marcada para segunda-feira, o prefeito Ary Vanazzi discutirá com empresários do setor protocolos de segurança para a retomada das atividades

Prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi, se reuniu nesta sexta-feira com empresários de academias e centros de treinamento


O prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi, se reuniu, no início da tarde desta sexta-feira, com representantes de academias e centros de treinamentos. A ação ocorreu após um grupo de empresários do setor realizar um protesto em frente ao prédio da prefeitura.
O grupo questionou os motivos do novo decreto, publicado na noite de quinta-feira, que restringe a reabertura das academias e espaços destinados a prática esportiva, ao contrário do que determinava o decreto municipal assinado no dia 28 de abril. "A prática de exercícios é recomendada como forma de prevenção. Queremos atender nossos alunos, e faremos isso com responsabilidade", afirmou um empresário, que prefere não se identificar.
Segundo a administração municipal, a proibição vigora como forma de evitar a ampliação do contágio do coronavírus. No entanto, entendendo a necessidade do setor, uma reunião agendada para a segunda-feira deve estudar a definição um protocolo que sejam eficiente e realistas do ponto de vista sanitário, conforme afirmou o secretário de Saúde, Ricardo Charão.
"A partir do que for discutido com representantes do setor, serão tomadas as decisões necessárias para reabertura das academias, que também estão condicionadas ao modelo de distanciamento conforme classificação por bandeiras pelo governo do estado e a curva de crescimentos de casos de Covid-19 ativos no município", afirmou.

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário