segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Saiba a melhor maneira para fazer o 13º do INSS 'render'

por Marcello Casal Jr

Captura de Tela 2019-11-22 a?s 07.58.29.png

Contracheques estão disponíveis no site da Previdência. Benefício começa a ser pago no dia 25

Aposentados, pensionistas e beneficiários do INSS já podem conferir quanto vão receber na segunda parcela do 13º salário, que começa a ser paga na segunda-feira. O acesso ao contracheque é feito pelo portal de serviços Meu INSS , no item "extrato de pagamento de benefício".

Com a expectativa de dinheiro na mão, especialistas recomendam cautela ao planejar o gasto do abono e dão dicas de como fazer o dinheiro "render". É importante destacar que nessa parcela é feito o desconto do Imposto de Renda e do próprio INSS. Portanto, o valor pode ser mais "minguado".

Aposentados e pensionistas com até 64 anos de idade e que têm renda mensal acima de R$ 1.903,98 terão desconto de Imposto de Renda no abono. Quem tem mais de 65 anos tem uma faixa extra de isenção e só terá o IR descontado se receber acima de R$ 3.807,96.

"Antes de sacar o benefício é preciso planejar o que fazer com esse valor. Dinheiro sem destino, some! Por isso já veja em qual situação você se encontra e já faz o roteiro do seu dinheiro antes dele cair na conta", alerta a educadora financeira Aline Soaper. E acrescenta: "Na hora de sacar é preciso cuidar para que ele cumpra o destino dele. Não caia em tentação de gastar tudo com presentes de Natal e festas de final de ano. Equilíbrio é fundamental para conseguir fazer mais com menos".

Segundo o INSS , terão direito à primeira parcela cerca de 30 milhões de beneficiários. Além de aposentados, que recebeu neste ano auxílio-doença, reclusão e salário-maternidade, tem direito ao benefício. Quem recebe o Benefício de Prestação Continuada (BPC), não tem direito ao abono de Natal.

Fonte: economia.ig - 23/11/2019 e SOS Consumidor

Nenhum comentário:

Postar um comentário