AdsTerra

banner

segunda-feira, 1 de abril de 2024

Primeiro-ministro polonês diz que Europa está em "época de pré-guerra”

 Donald Tusk alertou para perigo de derrota da Ucrânia para a Rússia na segurança mundial

Primeiro-ministro da Polônia, Donald Tusk 

O primeiro-ministro da Polônia, Donald Tusk, advertiu, em entrevista à imprensa europeia, que o continente está em “uma época de pré-guerra”, principalmente pelo conflito entre Rússia e Ucrânia. Nas últimas semanas, a Rússia intensificou os bombardeios contra a Ucrânia, vizinha oriental da Polônia, e um de seus mísseis sobrevoou brevemente o espaço aéreo deste países-membro da Otan e da União Europeia (UE).

"Não quero assustar ninguém, mas a guerra já não é um conceito do passado. É uma realidade e começou há mais de dois anos” com a invasão da Ucrânia, disse Tusk em uma entrevista com uma aliança de jornais europeus. “O mais preocupante agora é que literalmente qualquer cenário é possível. Não vivíamos uma situação assim desde 1945”, argumentou.

O primeiro-ministro avaliou que é uma nova era de insegurança. "Sei que soa assustador, sobretudo para as pessoas da geração mais jovem, mas temos que nos acostumar mentalmente a uma nova era. Estamos em uma época de pré-guerra. Não estou exagerando”, frisou.

A Polônia é um dos principais aliados de Kiev na UE desde o início da invasão russa, em fevereiro de 2022. "Se a Ucrânia perder, ninguém na Europa poderá se sentir seguro”, advertiu Tusk, que foi presidente do Conselho Europeu (2014-2019), uma das principais instituições da UE.

O premiê polonês também afirmou na entrevista que a Europa "tem um longo caminho a percorrer” no tema da defesa e que deve ser “independente e autossuficiente”.

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário