AdsTerra

banner

terça-feira, 2 de abril de 2024

Grupos armados enfrentam policiais no centro de Porto Príncipe

 Quatro membros da segurança ficaram feridos, em meio a disparos próximos a antigo palácio de governo



Os grupos criminosos que controlam grande parte da capital haitiana, Porto Príncipe, lançaram nesta segunda-feira um ataque no centro da cidade, onde enfrentaram a polícia. Os disparos ocorreram na área do Campo de Marte, grande parque público próximo ao Palácio Nacional, antiga residência presidencial haitiana. Quatro policiais ficaram feridos, segundo o Miami Herald.

Desde o fim de fevereiro, grupos atacam pontos estratégicos de Porto Príncipe, como delegacias, prisões, o aeroporto e o porto, em uma disputa com o primeiro-ministro, Ariel Henry, muito questionado devido ao aumento da violência e por ter chegado ao poder sem se submeter ao voto popular. No mês passado, Henry anunciou que iria entregar o poder a um conselho presidencial de transição.

Três semanas depois, o país ainda aguarda a nomeação desse conselho de nove membros, cuja criação foi supervisionada pela Comunidade do Caribe (Caricom). Em comunicado, Henry explica que não pôde nomear o conselho presidencial porque a Constituição haitiana não prevê a sua existência, motivo pelo qual o governo pediu ao presidente interino da Caricom o envio de um rascunho de decreto para criar o conselho.

Recebido pelo atual conselho de ministros, o documento foi enviado a juristas para a sua revisão.

AFP e Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário