AdsTerra

banner

domingo, 17 de março de 2024

RS tem alerta para acumulados muito altos de chuva e potenciais enchentes no Centro e Oeste

 Uruguaiana decretou emergência e precipitação deve seguir intensa até o meio da próxima semana

Fronteira tem altos acumulados e vias intransitáveis 

O Centro e o Oeste do Rio Grande do Sul estão sendo castigados por fortes chuvas, a partir do avanço de uma massa de ar quente deste a quinta-feira. De acordo com a MetSul Meteorologia, os acumulados variam entre 100 mm e 230 mm, em vários pontos, especialmente na Fronteira. Uruguaiana declarou emergência e a MetSul alerta que há risco forte de enchentes.

Os volumes observados neste período foram de 226 mm em Uruguaiana, 151 mm em Quaraí, 148 mm em Alegrete, 111 mm em Tupanciretã, 102 mm em São Vicente do Sul, 97 mm em Santiago, 93 mm em Livramento, 67 mm em São Gabriel, 64 mm em Dom Pedrito, 61 mm em Bagé e 54 mm em Santa Maria.

Uma massa de ar quente e úmido segue favorecendo chuva até o meio da semana e na sequência haverá a passagem de uma frente fria que trará ainda mais chuva para o estado. "Não descartamos marcas agora em alguns locais do Oeste tão elevadas quanto 400 mm a 500 mm na soma de uma semana até quinta-feira", salientou a MetSul

A chuva forte também pode atingir outras regiões, mas o alerta maior segue para os pontos que já apresentam grandes acumulados. "Diante deste cenário, reforçamos o alerta de inundações repentinas e enchentes, repetindo as cenas dos meses do segundo semestre do ano passado. Enfatizamos mais uma vez que o cenário será especialmente crítico em bacias mais do Centro para o Oeste, o que inclui rios como Ibicuí, Santa Maria, Ibirapuitã e Santa Maria, mas outros rios do estado devem ter forte elevação."

Além das cheias, os acumulados de água, deslizamentos e quedas de vegetação devem afetar a trafegabilidade de vias, com estradas interditadas e pontes intransitáveis. A falta de luz também volta a preocupar.

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário