AdsTerra

banner

quinta-feira, 14 de março de 2024

Obama pede salvação da Terra antes de colonização de Marte

 Ex-presidente dos EUA salientou que condições inóspitas do planeta vizinho nunca serão comparáveis ao nosso planeta



Antes de considerar uma hipotética colonização de Marte, a humanidade deve se ocupar em salvar o planeta Terra, afirmou, nesta quarta-feira o ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama. Ele participou de uma conferência sobre transição energética na capital da França, Paris.

"Eu amo a exploração espacial e estou ansioso para ver-nos chegar a Marte e além”, explicou o ex-líder democrata diante de um público composto principalmente por profissionais de energias renováveis. “Mas quando ouço algumas pessoas dizerem que o plano é colonizar Marte porque o ambiente na Terra pode se deteriorar e tornar-se inabitável... Mas o que estão dizendo?”, refletiu.

O ex-presidente afirmou que mesmo após uma guerra nuclear, "a Terra seria mais habitável do que Marte” ou que mesmo se não agirmos contra a mudança climática, o planeta “ainda terá oxigênio e, até onde sabemos, Marte não”.

"Eu preferiria que investíssemos na preservação do planeta aqui embaixo. A razão pela qual vamos para o espaço é pela descoberta, pelo conhecimento, não porque vamos criar uma situação melhor lá. Fomos feitos para este lugar e seria bom que o preservássemos”, continuou.

Ao longo de sua hora de conferência, o ex-chefe da Casa Branca evocou sua ação governamental pelo clima, a transição ecológica ou a preservação de espaços naturais. Por outro lado, ele se recusou a comentar o histórico de seu sucessor, que retirou os Estados Unidos do Acordo de Paris sobre o clima assinado por Obama em 2015. "Os fatos falam por si só”, disse.

AFP e Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário